Cura-te de ti com tuas próprias palavras

Uma mensagem positiva neste dia de Natal

 

 

Por Rebecca Dantas

 

 

Engraçado isso de usar palavras para comunicar sentimentos. Fiquei pensando nas formas de comunicação do ser humano.

 

Primeiro a gente não sabia falar, apenas emitíamos sons e utilizávamos da plena linguagem corporal, e do olhar. Assim continua.

 

Mas fiquei me perguntando sobre a importância das palavras quando estamos à distância. À distância de quem amamos, do trabalho, e etc… somos capazes de utilizarmos delas pra fazer todas as linguagens que queremos.

 

Utilizamos tanto para o bem quanto para o mal, a ponto do outro poder sentir exatamente o que estamos sentindo.

 

A importância das palavras.

 

O quanto precisamos dizer? O quanto precisamos falar? Quanto? Quanto? Quanto custa?

 

Uma sociedade que já foi tão repreendida hoje fala pelos cotovelos, pelo celular (que também já é parte do nosso corpo), e pelas redes sociais, fala tudo pra Deus e o mundo. Seu mundo. Fala para outros mundos ao redor?

 

millenial

“pelo celular (que também já é parte do nosso corpo), e pelas redes sociais, fala tudo pra Deus e o mundo. Seu mundo. Fala para outros mundos ao redor”?

 

 

Fala mas não fala. Palavra e não-palavra.

 

Palavras escritas nos muros das casas gritam bom dia pra quem quer ouvir. Ou precisa ouvir.

 

Ou precisa falar o que ninguém escuta.

 

Mas aquele que fala, também precisa ouvir?

 

Falar pra quem?

 

Ouvir de quem? Ouvir o quê? Ouvir quando?

 

Ouvir de si mesmo.

 

“Ouvir de si mesmo”

 

Você fala o que escuta? Ou você escuta o que fala?

 

Normalmente, digo, no cotidiano. Nisso de escutar o que fala, de falar o que escuta, está cabendo o coração?

 

Está cabendo o quê?

 

Está cabendo o Silêncio?  Você fala o silêncio que faz?

 

Eu diria agora: cuidado com o que ouve.

 

Sede seletivo. Sede. Cura.

 

Para que bebas o que te nutre. Tipo água e sais amorais (é pra ser do amor, mas pareceu sem moral, né?)

 

Mas aproveitando, sua moral é sua ou a que a sociedade te falou e você ouviu?  E só saiu reproduzindo por aí? Moralidade e bons costumes, você sabe quem te ensinou a fazer o quê?

 

Para que serve esse texto?

 

Reproduzir, transmitir, transmissão. Emissão. Emitir. Mentir.

 

good vibes

 

Mas eu acredito que a fala cabe mais na verdade. Cabe também na mentira, mas cabe mais na verdade.

 

Verdade. Qual a tua verdade?

 

A fala também cabe na verdade do pensamento compartilhado. Energia capaz de conectar dois seres.

 

Pensamento e Energia: Duas palavras fortes.

 

Uma vez lançadas não têm mais volta. Será?

 

Palavras ao vento podem virar furacão?

 

O poder das palavras.

 

 

Energia que se materializa…

 

Pra hoje o Spotify recomenda: uma seleção dos sons que te cercam, mas que te abraçam.

 

Pra cantar os sons que reverberam dentro de ti.

 

Cura-te de ti com tuas próprias palavras

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •