5 curiosidades sobre Hebe Camargo

Saiba mais sobre essa importante artista brasileira

 

1 – Hebe Camargo foi uma importante artista brasileira nascida em 8 de março de 1929. Natural de Taubaté-SP, era a caçula de 7 filhos de uma dona de casa e de um músico. Procurando mais oportunidades, a família se mudou para São Paulo. Logo seu pai arrumou um emprego numa rádio e levava a filha mais nova para o local. Em 1944, com 15 anos, ela conseguiu seu primeiro trabalho, na Rádio Tupi.

 

Uma jovem Hebe em seu início de carreira na rádio

 

2 – Até 1949, além da rádio, também tinha carreira como cantora. Eclética, chegou a formar conjuntos ou até uma dupla sertaneja com uma das irmãs. Em 1950, foi convidada para participar da TV Tupi (saiba mais aqui), a primeira emissora brasileira. Em 1955 teve papel fundamental ao apresentar O Mundo é das Mulheres, primeiro programa feminino da história da televisão no Brasil. Ainda na década de 50, Hebe adquiriu o hábito de tingir os cabelos de loiro, o que se tornaria uma marca da sua carreira.

 

Hebe com o então presidente Juscelino Kubitschek

 

3 – Em 1966, o seu programa Hebe teve sua primeira exibição. A apresentadora entrevistava as pessoas de forma descontraída, muitas vezes falando de temas polêmicos. Também tinha um programa diário na rádio. Passou por Record e Band até ser contratada pela SBT em 1985. Nesse meio tempo, sofreu um acidente de avião em 1981, no qual conseguiu sobreviver sem muitos ferimentos.

 

Hebe e Xuxa em 1989

 

4 – Hebe estreou na SBT oficialmente em 1986, ficando na emissora até 2010. Nesse meio tempo participou de outros programas. No final da carreira voltou a gravar cds e fazer shows especiais. Em 2010 superou um câncer raro no intestino. Contratada pela RedeTV!, se apresentou até o final de 2012. Estava confirmada sua volta ao SBT, mas enquanto dormia, Hebe camargo sofreu uma parada cardiorrespiratória, falecendo aos 83 anos.

 

 

5 – Apelidada de “Rainha da TV brasileira”, Hebe foi uma precursora em muitos aspectos. Ficou conhecida por suas ferrenhas críticas à classe política durante seus programas. Foi casada duas vezes e teve um filho, Marcelo. Perto do fim da vida assumiu que fez um aborto em 1947, quando tinha 18 anos. Mesmo sendo católica, a apresentadora disse que teve medo da repercussão de ser uma mãe solteira na sociedade da época. Sofreu as consequências da cirurgia clandestina por meses. Ainda sofreu dois abortos espontâneos durante seus matrimônios. Hebe Camargo deixou um grande legado nos meios de comunicação brasileiros.

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •