5 curiosidades sobre Marlon Brando

Conheça melhor a história deste grande ator norte-americano

 

1 – Marlon Brando é considerado um dos atores mais importantes de todos os tempos. Nascido em Omaha, no estado do Nebraska (Estados Unidos), em 3 de abril de 1924, era filho de pais com um relacionamento cheio de idas e vindas. Isso o fez se mudar muito na infância e na adolescência. A juventude tumultuada o fez se tornar rebelde e não estudioso. Foi expulso de uma escola e de uma academia militar até os 17 anos de idade.

 

Brando  no início da carreira

 

2 – Sem querer dar continuidade nos estudos, Brando se mudou para Nova York para morar com duas irmãs. Lá, estudou e aprimorou suas técnicas como ator. Ele já havia feito teatro na adolescência. Na peça “Um Bonde Chamado Desejo” se destacou, sendo a obra teatral adaptada para o cinema com ele como protagonista. O lançamento da película foi atrasado, o que faz com que oficialmente seu primeiro filme seja “Espíritos Indômitos”, de 1950.

 

O ator rapidamente se tornou uma estrela do cinema e um modelo para a juventude dos Estados Unidos

 

3 – Nos anos 50 se tornou rapidamente uma estrela de Hollywood, além de se tornar ídolo da juventude pela sua atuação em filmes que mostravam a rebeldia e um estilo despojado para a conservadora época em que vivia. Brando atuou em “Sindicato de Ladrões” (1954), pelo qual ganhou seu primeiro Oscar de melhor ator. Nos anos 60 teve importante papel em movimentos pelos Direitos Civis e em prol dos indígenas nos Estados Unidos.

 

Marlon Brando em um dos seus papéis mais conhecidos, como Don Vito Corleone em “O Poderoso Chefão” (1972)

 

4 – O ator voltou ao máximo estrelato após a atuação brilhante como Don Corleone em “O Poderoso Chefão” (1972). No mesmo ano também estrelou “O Último Tango em Paris”. No Oscar do ano seguinte, enviou uma atriz de origem indígena para receber o prêmio por ele. Era um protesto contra a exploração dos nativos norte-americanos por Hollywood. Em 1979 atuou em “Apocalypse Now”, outro clássico do cinema. Nos anos 80, Brando deu uma pausa na carreira, se isolando em sua ilha particular na Polinésia Francesa.

 

Brando no fim da vida

5 – Nos anos 90 voltou a atuar, principalmente por dificuldades financeiras. Um dos seus filhos foi acusado de matar o namorado da irmã. Completamente deprimida e sem apoio do pai, ela se matou em 1995. O fim da sua vida foi muito complicado: atuou a última vez em 2001, falecendo em 2004, sozinho, falido e obeso. Era o fim de um dos maiores atores de todos os tempos, que tinha 80 anos na época. Os biógrafos de Marlon Brando apontam a sua genialidade no cinema, mas também indicam que ele era ninfomaníaco, extremamente egoísta com seus filhos, amigos e amantes e uma pessoa sem limites morais. Também foi revelado nos últimos anos que ele era bissexual.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •