5 fatos sobre Atenágoras I

Conheça mais sobre esse importante Patriarca da Igreja Ortodoxa

 

1 – Atenágoras I foi um religioso grego que se tornou Patriarca da Igreja Ortodoxa de Constantinopla. Nasceu em 25 de março de 1886 na Grécia. Filho de um médico, ficou órfão de mãe com apenas 13 anos de idade. Sempre foi muito fiel a sua religião, entrando numa escola teológica.

 

Atenágoras I (1967)

 

2 – Ordenado diácono em 1910 com o nome de Atenágoras, foi conseguindo seu espaço até se tornar secretário-geral do arcebispo de Atenas. Mesmo ligada a sede em Constantinopla (atual Istambul, na Turquia), essa igreja católica ortodoxa é considerada como uma das formadoras da Igreja Ortodoxa Grega.

 

A declaração não acabou com o cisma, mas mostrou um grande desejo de reconciliação entre ambas as igrejas, representados por Paulo VI e Atenágoras I.

 

3 – A separação entre a Igreja Católica ocorreu no ano de 1054, evento conhecido como Grande Cisma. Os cleros ocidental e oriental não suportaram as diferenças culturais, disputas por poder e vaidades. Por conta do aumento das desavenças, o Patriarca de Constantinopla excomungou os cristãos do ocidente, enquanto o papa fez o mesmo com os católicos do oriente, causando a separação da cristandade em Igreja Católica Apostólica Romana e Igreja Católica Apostólica Ortodoxa.

 

Patriarca Atenágoras I

 

4 – Após 15 anos como diácono, Atenágoras se tornou metropolita (uma espécie de bispo) da cidade de Corfu. Doze anos depois foi nomeado como Arcebispo da Igreja Ortodoxa de Constantinopla para toda a América do Norte. Neste período, começou a fazer contatos com a Igreja Católica e fez uma grande administração à frente da sua arquidiocese. Desta forma, foi eleito o Patriarca Ecumênico de Constantinopla em 1948, liderança máxima da sua igreja.

 

Israel, Nazaré. Igreja da Anunciação. Estátua do encontro histórico do Papa.

5 – Foi empossado em janeiro de 1949, mantendo relações amigáveis com os católicos ocidentais. Essa amizade chegou ao ponto de se encontrar com o papa Paulo VI, em Jerusalém. Desse encontro saiu o cancelamento mútuo das excomunhões ocorridas em 1054 no Grande Cisma. Infelizmente, mesmo com a assinatura do acordo, muitos bispos ortodoxos não aceitaram tal arranjo. Atenágoras I permaneceu como líder da sua igreja até o seu falecimento, ocorrido em 1972. Tinha 86 anos de idade.

  • 9
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •