5 fatos sobre Friedrich Hayek

Conheça mais sobre importante defensor do liberalismo

 

1 – Friedrich Hayek foi um economista e filósofo austríaco defensor do liberalismo e considerado membro da Escola Austríaca da Economia (grupo de economistas e intelectuais defensores do liberalismo econômico e político). Natural de Viena, nasceu em 8 de maio de 1899. Filho do renomado médico e botânico, August von Hayek, teve uma educação privilegiada. Em 1917 lutou pelo Império Austro-Húngaro na Primeira Guerra Mundial. Durante seu tempo em um regimento de artilharia do exército, perdeu parcialmente a audição em um dos ouvidos.

 

Universidade de Viena

 

2 – Estudou Economia na Universidade de Viena, mas teve uma boa formação em Filosofia e Psicologia em sua graduação. Se tornou doutor em Direito e Ciência Política nos anos 20, logo cursando o pós-doutorado em Nova York entre 1923 e 1924. O engraçado é que Hayek era um social-democrata até começar a cursar o doutorado. Posteriormente, o economista ficou conhecido por sua forte oposição ao socialismo econômico.

 

Individualismo e Ordem Econômica, Ano de 1948.

 

3 – Casou-se em 1926, em união que duraria até 1950. Em Viena, trabalhou com Ludwig von Mises, outro conhecido economista liberal e da Escola Austríaca. Foi contratado pelo Instituto Austríaco de Ciclos Econômicos. Em 1931, hayek foi contratado como professor de economia na London School of Economics. Nas vésperas da Segunda Guerra Mundial, em 1938, foi naturalizado britânico.Até o final da década de 30 teve acalorado debate com John Maynard Keynes, conhecido economista social-democrata.

 

 

4 –  Em 1944, Hayek publicou seu livro mais conhecido “O Caminho da Servidão”, no qual afirma que o socialismo é um tipo de totalitarismo econômico. Durante um encontro na Suíça em 1947, ele e outros intelectuais liberais fundaram a Mont Pèlerin Society. Em 1950 se mudou para a Universidade de Chicago, que ficou conhecida posteriormente por sua influência no pensamento neoliberal. No centro universitário norte-americano também teve papel de destaque em estudos na Psicologia. Em 1962 se despediu de Chicago e retornou para a Europa, para desta vez lecionar em Freiburg, na Alemanha.

 

Túmulo de Friedrich Hayek em Neustifter Friedhof, Viena

5 – Em 1968 voltou para sua terra natal, como professor honorário da Universidade de Salzburg, onde permaneceu até 1977, quando se aposentou. Nesse meio tempo foi ganhador do Prêmio Nobel (saiba mais aqui) de Economia de 1974, por sua extensa obra. Friedrich Hayek morreu por causas naturais em 1992, aos 92 anos de idade. Durante sua vida presenciou a predominância do Estado de Bem-Estar Social de Keynes, sendo um dos poucos defensores do liberalismo na época. A partir dos anos 70 pôde observar o crescimento das políticas neoliberais que defendia pelo mundo. No final da sua caminhada pela Terra ainda teve a oportunidade de ver a queda da União Soviética.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •