5 fatos sobre Georg Ohm

Conheça este relevante físico alemão

 

1 – Georg Simon Ohm foi um físico e matemático alemão nascido em 16 de março de 1789. Teve importantes contribuições para o estudo da eletricidade. Seu pai era um serralheiro e sua mãe era filha de um alfaiate. Mesmo sem ter oportunidades de estudarem na universidade, seus pais liam muito. Isto fez com que dessem um boa educação para os filhos. Os ensinamentos do seu pai em Matemática e Física repercutiram até o fim da sua vida.

 

Erlangen, cidade natal de Ohm

 

2 – Concluído seus estudos universitários, se tornou professor em uma escola na Suíça. Querendo se tornar professor universitário, recebeu conselhos de um amigo para continuar seus estudos de Matemática por conta própria. Para se manter se tornou professor particular. Em 1811 conseguiu o doutorado na Universidade de Erlangen-Nuremberg.

 

Experimentos de Georg Ohm

 

3 – Em 1812 se tornou professor na instituição de ensino na qual fora aluno. Por ser mal remunerado, acabou saindo e passou a lecionar em diversas escolas secundárias em cidades próximas. Com a descoberta da corrente elétrica por Alessandro Volta (saiba mais aqui), muitos cientistas passaram a estudar melhor a eletricidade. Ohm era um deles. Em 1827, com 38 anos, publicou Estudo Matemático da Corrente Galvânica, no qual propôs as duas leis físicas que o deixaram famosos.

 

Retrato  de Georg Ohm perto da sua morte

 

4 – A Primeira Lei de Ohm afirma que a força eletromotriz é igual a resistência do circuito x a intensidade da corrente elétrica (E=R.I). É notável também que a corrente é descrita com uma constante inversamente proporcional à resistência, enquanto é diretamente proporcional à força eletromotriz (I=E/R). Mesmo conseguindo provar matematicamente  esses fenômenos naturais. Seu trabalho não foi bem aceito e Ohm acabou sendo demitido após reclamar com o Ministério da Cultura. O que ocorreu, é que as pessoas que leram seu trabalho não o entenderam.

 

Túmulo do físico alemão em Munique

 

5 – Desacreditado, apenas em 1841 conseguiu reconhecimento do seu trabalho, ao receber a Medalha Copley em Londres. Em 1849 se tornou professor na Universidade de Munique, o sonho de sua vida. Em 1852 passou para a cátedra de Física. Infelizmente, não pôde aproveitar por muito tempo seu tão desejado cargo, falecendo em julho de 1854, aos 65 anos. No final do século 19 Ohm foi homenageado: seu nome se tornou o nome da unidade de medida da resistência elétrica.

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •