6 curiosidades sobre Bruce Lee

Conheça mais sobre uma das maiores lendas de artes marciais do século XX

 

1 – Bruce Lee ficou conhecido como uma lenda das artes marciais e da cultura pop do século 20. Nascido em 27 de novembro de 1940 com o nome de Lee Jun-Fan, era filho de artistas de ópera chineses que estavam fazendo turnê pelos Estados Unidos na época. Por isso nasceu em San Francisco. Com apenas 3 meses de idade retornou para Hong Kong, onde sua família residia.

 

Desde criança Bruce Lee fez papéis no cinema

 

2 – Lee começou sua carreira logo como criança, atuando em alguns filmes do cinema local. Era filho de uma família rica e privilegiada para os padrões chineses e isso permitiu que estudasse em ótimas escolas e tivesse praticado Tai Chi, Kung Fu e Wing Chun. Não era um bom aluno na escola, mas conseguia desempenho impressionante nas aulas de artes marciais, evoluindo rapidamente. Conseguia bom desempenho por lutar contra gangues de rua na sua adolescência também.

 

3 – Ao mudar de colégio aos 16 anos, passou a ser aluno do seu irmão, onde aprendeu boxe. Suas brigas contra membros de gangues persistiram, e quando derrotou e espancou o filho de um chefe das Tríades (organização criminosa chinesa, mas que não deve ser confundida com a Máfia Chinesa), seus pais decidiram o enviar para os Estados Unidos temendo por sua vida.

 

 

 

4 – Chegando aos 18 anos em San Francisco, logo se mudou para a cidade de Seattle, onde trabalhou como garçom e continuou seus estudos. No mesmo ano passou a ensinar artes marciais. Criou um estilo próprio chamado Jun Fan Kung Fu. Em 1961 entrou na Universidade de Washington (o estado), onde estudou filosofia e conheceu e se casou com Linda Emery em 1964. Com o passar dos anos desenvolveu sua técnica e passou do Jun Fan Kung Fu em Jeet Kune Do, buscando mais rapidez e eficiência nas lutas.

 

Bruce Lee possui uma estrela na Calçada da Fama em Hollywood

 

5 – Como mestre em artes marciais, Lee começou a ser chamado para eventos para fazer demonstrações e chamou a atenção em Hollywood. Tendo atuado na infância e adolescência não teve dificuldades em atuar. Entre 1966 e 1967 foi coadjuvante na série O Besouro Verde. Até 1971 fez papéis de apoio e participações em alguns seriados e filmes norte-americanos, mas não estava satisfeito. Retornou para Hong Kong onde começou a fazer fama. Era ator, roteirista e coreógrafo das lutas em seus filmes.

 

Túmulos de Bruce e Brandon Lee em Seattle

 

6 – A fama na Ásia chamou atenção nos Estados Unidos, e com seus contatos conseguiu gravar “Operação Dragão” em uma produção de Hollywood. Infelizmente não conseguiu ver a estreia do seu filme: em maio de 1973 enquanto estava nos estúdios, sofreu fortes dores de cabeças e convulsões. Um edema cerebral foi detectado e controlado pelos médicos. No dia 20 de julho de 1973 Lee estava sofrendo de fortes dores de cabeça, tomou um analgésico e for dormir. Como não foi jantar, um dos produtores suspeitou que algo estava errado. Quando a ajuda chegou o ator estava morto por conta de um grande inchaço no cérebro. O laudo oficial confirma que os analgésicos causaram efeitos adversos e causaram o edema cerebral em Bruce Lee.

Muitas teorias da conspiração foram feitas acerca da morte do jovem astro das artes marciais. Seu filho, Brandon Lee também sofreu com um morte inacreditável: aos 28 anos, nas gravações do filme “O Corvo”, Brandon foi acertado por uma bala de verdade – quando deveria ser uma bala de festim – que estava na arma usada na cena e faleceu no set de filmagem.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •