6 curiosidades sobre Macau

Conheça mais sobre essa interessante cidade chinesa

 

1 – Macau (em chinês Àomén) é uma cidade chinesa com características de região administrativa especial, assim como Hong Kong. A República Popular da China (saiba mais aqui) retomou o controle do local apenas em 20 de dezembro de 1999, após mais de 400 anos de domínio português.

 

 

2 – A história de Macau remonta à Antiguidade. Importantes templos budistas se encontram na cidade. Os portugueses chegaram no século 16, conseguindo autorização do governo chinês para governar e se estabelecerem na localidade. Nos anos seguintes se tornou um grande entreposto comercial entre os europeus e os japoneses e chineses. Durante os séculos 17 e início do 18, Macau atingiu seu ápice de importância. No século 19, sofrendo pelo domínio britânico em Hong Kong, o lugar foi perdendo espaço e importância e passou a conviver com a pobreza e a fome. No entanto, Portugal conseguiu dominar ilhas vizinhas e parou de pagar tributos aos chineses, que em 1887 aceitaram a cidade como domínio perpétuo português. Em 1967, após revoltas dos habitantes locais a favor do governo comunista chinês, Portugal abriu mão do seu domínio e entrou em acordo com a China, devolvendo Macau em 1999.

 

Ruínas da Igreja de São Paulo, destruída em um incêndio no século 19

 

3 – A população atual é de aproximadamente 650 mil habitantes. É a cidade com maior densidade populacional do mundo. O mandarim e o português são as línguas oficiais. 94% dos habitantes são de origem chinesa, 2% portugueses e 2% filipinos. Há ainda os macaenses, mestiços de chineses e portugueses, que hoje em dia só alcançam 1% da população. A religião em Macau é bastante diversa e conta com a maioria dos credos mais populares do mundo.

 

 

4 – A localidade tem uma elevada autonomia em relação à China. Até mesmo sua moeda, chamada Pataca, é diferente do Yuan chinês. Macau tem grande liberdade econômica, política e policial. Por ser uma região especial, a cidade tem os três poderes bem definidos. Cidadãos locais administram a cidade, recebendo apenas certa fiscalização da República da China.

 

20 patacas de Macau

 

5 – A economia de Macau é baseada nos jogos de azar e no turismo. O lugar é chamado de “Las Vegas do Oriente” por sua grande quantidade de cassinos. Milhões de turistas visitam anualmente a cidade, advindos principalmente da China continental. A renda per capita é altíssima e o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,892, considerado muito elevado.

 

Macau é conhecida por seus cassinos

 

6 – Macau é conhecida pela mistura cultural. Sua população mestiça, os macaenses desenvolveram cultura e culinária próprias com o tempo. Isso ocorreu pela mistura de receitas portuguesas com a utilização de ingredientes chineses. A cidade participa separadamente das Olimpíadas, assim como Hong Kong.  

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •