6 curiosidades sobre Oswald de Andrade

Conheça mais sobre a vida de Oswald de Andrade.

 

1 – José Oswald de Sousa Andrade nasceu em São Paulo em 1890. Filho único de um casal de classe média, na adolescência escutou de um professor que seria escritor. A profecia se mostrou verdadeira afinal. Foi um conhecido escritor, poeta e dramaturgo do Modernismo literário brasileiro. Faleceu na capital paulista em 22 de outubro de 1954.

 

2 – Em 1909 teve seu primeiro texto publicado em um jornal. Em 1911 fundou uma revista semanal chamada “O Pirralho”, que durou até 1917. No ano de 1912 fez sua primeira viagem para a Europa. Em Paris conheceu várias ideias progressistas e vanguardistas que trouxe para o Brasil.

 

 

3 – Na volta ao Brasil conheceu Mário de Andrade, com quem planeja a realização da Semana de Arte Moderna de 1922. As ideias apreendidas na Europa pelos artistas e intelectuais brasileiros foram apresentadas no evento, trazendo uma nova linguagem e roupagem para a arte e a literatura brasileiras. Marcou o início do Modernismo no Brasil. Também foram idealizadores do evento: os pintores Anita Malfatti e Di cavalcanti, o compositor Heitor Villa-Lobos e o escultor Victor Brecheret.

 

4 – Ficou famoso por escrever dois manifestos acerca da cultura e da literatura brasileiras. O primeiro, “Manifesto da Poesia Pau-Brasil”, focava numa poesia desvinculada das influências europeias e americanas. No ano seguinte lançou um livro de poemas intitulado “Pau-Brasil”. Em 1928 publicou o “Manifesto Antropófago” que era uma crítica ferrenha à colonização portuguesa e às influências europeias na arte, literatura e cultura do Brasil. Defendia também uma língua própria para o brasileiro. Ou seja, é uma publicação nacionalista, mas não necessariamente xenófoba.

 

 

5 – Oswald de Andrade casou-se com Tarsila do Amaral, famosa pintora brasileira, em 1926, mas o matrimônio só durou 3 anos. Entre 1930 e 1935 foi casado com Patrícia Galvão, a Pagu, militante política, jornalista e escritora. Em 1944 casou-se pela última vez, ficando com esta companheira até a data da sua morte.

 

6 – Se destacou na literatura nas três principais áreas: poesia, prosa e teatro. Publicou 7 livros de poesia, 5 romances e 4 peças, além dos dois manifestos já citados. Mas provavelmente seu maior ato foi impulsionar o Modernismo brasileiro.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •