6 fatos sobre Indira Gandhi

Saiba mais sobre esta grande política indiana na data do seu centenário

 

1 – Indira Gandhi foi uma renomada política indiana, que chegou a ser primeira-ministra em duas oportunidades. Nascida em 19 de novembro de 1917, era filha de Jawaharlal Nehru (primeiro primeiro-ministro da Índia após sua independência) e foi sua sucessora política. Em 1984 teve uma morte trágica que marcou a história indiana.

 

2 – Jovem, estudou na Suíça e na Inglaterra, onde conseguiu se graduar em Administração Pública, Antropologia e História na Universidade de Oxford. Em 1939 se filiou ao Partido do Congresso Nacional Indiano e começou sua caminhada na política, tendo sido presa por mais de um ano por fazer parte do grupo que lutava ativamente pela independência da Índia. Antes de retornar à Índia foi voluntária da Cruz Vermelha (saiba mais aqui) na Segunda Guerra Mundial por alguns meses.

 

Indira ao lado de Mahatma Gandhi em 1924

 

3 – Em 1942 se casou com Feroze Gandhi, um advogado da sua cidade natal. Na realidade, mesmo com seu pai e seu avô sendo grandes amigos e aliados de Mahatma Gandhi na luta pela independência indiana, nem o esposo e nem Indira tinham parentesco com o grande pacifista e líder indiano.

 

4 – Quando seu pai se tornou primeiro-ministro da Índia, Indira o ajudou como assessora por alguns anos, até se tornar deputada e conseguir o posto de presidente do Congresso entre 1959 e 1960. Quando Nehru morreu em 1964, foi nomeada Ministra da Informação. Quando o novo primeiro-ministro morreu apenas 2 anos depois do seu pai, Indira Gandhi se tornou a governante indiana escolhida pelos parlamentares.

 

Indira Gandhi no ano que se tornou primeira-ministra indiana (1966)

 

5 – Governou de 1966 até 1977, tendo conseguido êxito relativo na diminuição da pobreza e da fome, aumentado a produção científica indiana, conseguido criar o programa nuclear indiano e vencido a guerra contra o Paquistão. No entanto, a política interna do país fervilhava e muitos setores não apoiavam as relações amigáveis de Gandhi com a União Soviética e algumas políticas socialistas que ela empregava no seu governo. Em 1975 decretou Estado de Sítio e governou quase ditatorialmente por 2 anos, até perder as eleições nacionais em 1977.

6 – Em 1980 vence novamente as eleições, mas perde seu filho mais novo em um acidente de avião. Em 1984 eclodiu uma rebelião de integrantes da religião Sikh e Indira envia tropas nacionais para acabar com a revolta. Mais de 600 pessoas morreram e um dos mais importantes templos dessa religião foi praticamente destruído. Isso causou uma grande fúria dos Sikh. Dois guardas pessoais da primeira-ministra eram dessa religião e a assassinaram no final de outubro do mesmo ano. Indira Gandhi virou uma referência mundial como uma das primeiras mulheres em posição de chefia de um país. Seu filho Rajiv a sucedeu, mas também foi assassinado em 1991.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •