7 curiosidades sobre a Lituânia

Conheça mais sobre esse país europeu

 

1 – A República da Lituânia (Lietuva em lituano) é um país europeu banhado pelo Mar Báltico. Faz fronteira com a Letônia (saiba mais aqui), Rússia, Bielorrússia (Belarus) e Polônia. Conseguiu sua independência definitiva em 11 de março de 1990, se separando da União Soviética. É o maior dos países bálticos tanto em extensão (65.000 km²), quanto em população.

 

Localização da Lituânia (em vermelho)
No continente europeu (em cinza)
Na União Europeia (em branco).

 

2 – A Lituânia tem aproximadamente 3 milhões de habitantes, mas há mais ou menos uma década é percebido que a população local está diminuindo. Sua capital chama-se Vilnius, que possui ⅕ das pessoas que moram no país. Outras cidades importantes são Kaunas e Klaipeda. Mais de 85% dos moradores da nação são da etnia lituana. Há cerca de 7% de poloneses e 5% de russos. A língua mais falada é o lituano, com certa incidência do polonês e do russo. 85% dos lituanos são cristãos, sendo 80% de católicos. Outro número religioso relevante é que 10% da população não segue nenhuma religião.

 

Mapa com as mudanças ocorridas no território da Lituânia do século XIII até os dias atuais.

 

3 – Desde 2015 o país começou a utilizar o Euro como sua moeda. A Lituânia tem um bom grau de desenvolvimento, contando com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,848 (muito elevado), uma renda média alta e desigualdade baixa entre os seus habitantes. Mesmo sendo um país rico principalmente pelo comércio, é possível achar bolsões de pobreza principalmente na zona rural. A diminuição da população lituana começou a partir do momento que a nação entrou na União Europeia em 2004. Com o passaporte europeu, muitos lituanos se mudaram de país.

 

Castelo de Trakai, Lituânia.

 

4 – A Lituana é uma República Semipresidencialista, ou seja, há um presidente e um primeiro-ministro. Há uma certa igualdade no poder entre os dois, mas o presidente é quem indica o primeiro-ministro e seu gabinete. O nome do parlamento da Lituânia é Seimas e tem 141 membros. 71 são eleitos por voto distrital e os outros 70 em eleições proporcionais (saiba mais aqui). O país é subdividido em 10 condados (apskritys).

 

Um dos muitos cenários encantadores de Vilnius

 

5 – O litoral lituano tem apenas 100 km, sendo Klaipeda o principal porto do país. Há mais de 2800 lagos e lagoas na Lituânia. É um país majoritariamente plano, com suas maiores altitudes chegando apenas a 300 m. Mesmo sendo uma nação pequena, tem boas reservas de petróleo e ferro. 30% do território lituano é coberto por florestas.

 

Vilnius, o norte discreto.

 

6 – Mencionada pela primeira vez no início do Século 11, a Lituânia se tornou oficialmente em uma nação em 1253, com a coroação do rei Mindaugas. Na Idade Média foi invadida pelos mongóis e só conseguiu sua liberdade total no Século 14, quando se tornou um relevante país na Europa. Em 1385 o rei lituano também foi coroado rei da Polônia, o que ocasionou a união entre os dois Estados. No entanto, apenas em 1569 é que essa aliança foi sacramentada oficialmente, com a formação da República das Duas Nações, uma das potências europeias até o final do Século 18. Em 1795, a Lituânia foi invadida e dominada pelo Império Russo. Esse controle permaneceu até 1918, quando o país conseguiu pela primeira vez sua independência. Durante a Segunda Guerra foi ocupada pela União Soviética e pela Alemanha. Com o fim do conflito, ficou sob controle soviético. Na crise que ocorreu no final dos anos 80 com o regime comunista, a União Soviética se separou em diversas repúblicas, entre elas a Lituânia, independente desde 1990.

 

Pôr do sol de verão em Kaunas, Lituânia — Fotografia de Stock.

 

7 – O basquete é o esporte favorito dos lituanos, sendo o único local no mundo que o jogo é o líder na preferência da população. Um dos práticos típicos da Lituânia é o Cepelinai, bolinhos de batata recheados com formato de um dirigível. A mitologia lituana é pouco conhecida pelos habitantes atuais. Mesmo com línguas bem diferentes, há uma forte ligação histórica entre lituanos e poloneses. A capital do país, Vilnius, é uma cidade muito interessante de se conhecer, misturando a característica arquitetura báltica com um ar cosmopolita e tecnológico.

 

  • 17
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •