7 fatos sobre Oscar Niemeyer

Conheça mais sobre um dos maiores arquitetos do Brasil

 

1 – Oscar Ribeiro de Almeida Niemeyer Soares Filho nasceu em 15 de dezembro de 1907. Natural do Rio de Janeiro, viveu sua juventude aproveitando a condição privilegiada da sua família, concluindo o ensino médio com 21 anos de idade. No mesmo ano se casou. Em 1929 ingressou na Escola Nacional de Belas Artes em sua cidade natal.

 

 

2 – Em 1930 sua primeira filha nasceu, e Niemeyer passou a ajudar seu pai para ter algum sustento. Lúcio Costa se tornou diretor da Escola de Belas Artes e remodelou o curso.Mesmo com a saída de Costa no ano seguinte, o jovem aprendiz de arquiteto aceitou estagiar de graça no escritório de seu antigo diretor.

 

Niemeyer durante a construção de Brasília

 

3 – Em 1934 Niemeyer se formou Engenheiro Arquiteto. Começou a trabalhar no escritório de Lúcio Costa, que também o apresentou a Le Corbusier, um dos grandes nomes da Arquitetura, e que foi inspiração para o estilo de Niemeyer. Como auxiliar e parceiro de Costa foi responsável pelos projetos da sede do Ministério da Educação (1936) e pelo pavilhão brasileiro na Feira Mundial de Nova York (1939). Pelo último trabalho foi agraciado com uma medalha entregue pelo prefeito da cidade norte-americana.

 

 

4 – Em 1940, conheceu Juscelino Kubitschek (saiba mais aqui), na época prefeito de Belo Horizonte. O político o convidou para fazer o projeto do Complexo da Pampulha. Em 1945, se filiou ao Partido Comunista Brasileiro. Ainda na década de 40 fez parte do grupo de arquitetos que projetaram a sede das Nações Unidas, em Nova York.

 

Niemeyer trabalhou até o fim da vida

 

5 – Na década de 50, Niemeyer projetou inúmeras obras importantes. Entre elas estão: o Parque do Ibirapuera, o edifício Copan, os prédios governamentais em Brasília e diversas outras edificações. Nesse período também fundou a Revista Módulo, que tratava de Arquitetura, Urbanismo e arte.

 

 

6 – Com o Golpe Militar em 1964, Niemeyer por ser ateu e comunista começa a ser perseguido. Em 1966 se exila em Paris e abre um escritório. Foi um período próspero na carreira do arquiteto, que só retornaria ao Brasil no começo dos anos 80. Logo após sua volta projetou o Sambódromo do Rio de Janeiro. Durante os anos seguintes fez os projetos de algumas construções em Brasília e do Memorial da América Latina em São Paulo.

 

 

7 – Em 1991 Niemeyer projetou o Museu de Arte Contemporânea, situado em Niterói. Continuou ativo nos anos 2000, completando 100 anos em 2007 e recebendo grandes homenagens no Brasil e no exterior. Um museu com seu nome foi inaugurado em Curitiba em 2006 e o Centro Cultural Oscar Niemeyer foi construído na Espanha. Ainda teve tempo de projetar a Cidade Administrativa de Minas Gerais. Em 2012 sua filha única veio a falecer aos 82 anos. Alguns meses depois no mesmo ano, o grande arquiteto brasileiro, conhecido por suas “obras-esculturas” também morreu, aos 104 anos de idade.  

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •