Termina a Conferência de Potsdam

A conferência entre os países que saíram vitoriosos na 2a Guerra Mundial

 

Entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945 ocorreu em Potsdam, cidade próxima a Berlim, um encontro entre os países que saíram vitoriosos na Segunda Guerra Mundial. O principal objetivo da Conferência era combinar as sanções que a Alemanha receberia, considerando a perda de vidas e os prejuízos ocasionados pelo conflito. Durante a reunião, diversas decisões que marcariam as próximas décadas foram tomadas

Os países com protagonismo na Conferência eram Estados Unidos, Reino Unido e União Soviética. O presidente Harry Truman foi o representante americano, Winston Churchill (e depois Clement Attlee) era o delegado britânico, enquanto Josef Stalin representava os soviéticos. Ainda participaram do encontro a França e a China, com papel reduzido.

 

Com a Alemanha derrotada, tendo assinado sua rendição em 8 de maio de 1945, a Segunda Guerra estava prestes a acabar, no entanto, do outro lado do mundo os japoneses se negavam a render-se. Apenas com a explosão de duas bombas atômicas, nas cidades de Hiroshima e Nagasaki, o governo japonês aceitou a rendição, que foi formalmente assinada em 2 de setembro do mesmo ano. Esse ato constituiu o fim oficial da Segunda Guerra.

 

As principais resoluções da reunião foram: divisão temporária da Alemanha (e de Berlim) e da Áustria entre os aliados, devolução dos territórios tomados pelos alemães desde 1937 (incluindo a separação com a Áustria), pagamento de 20 bilhões de dólares por parte da Alemanha para os aliados, julgamento dos criminosos de guerra nazistas e ultimato para a rendição japonesa.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •