Inauguração do Cristo Redentor

Um dos maiores símbolos do Rio de Janeiro e do Brasil

 

No dia da padroeira do Brasil, resolvemos homenagear outro símbolo religioso do país. O Cristo Redentor, inaugurado em 12 de outubro de 1931, além de ser uma representação religiosa se tornou uma das maiores atrações turísticas brasileiras. Localizado no Morro do Corcovado no Rio de Janeiro, em 2007 se tornou uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Também está na lista dos Patrimônios da Humanidade da UNESCO.

 

 

Desde o século 19 havia a vontade da construção de uma imagem cristã no Corcovado. A Princesa Isabel era uma das entusiastas dessa ideia, mas após o fim do Império e o estabelecimento do Estado Laico a ideia foi descontinuada. Em 1920 a discussão voltou à tona: uma associação católica do Rio de Janeiro organizou um evento para angariar fundos e recolher assinaturas em apoio a construção do monumento. O projeto foi aprovado e entre algumas ideias a escolhida foi a estátua de Cristo com os braços abertos, simbolizando a paz.

 

A construção começou em 1922, com uma equipe mista entre estrangeiros e brasileiros. O engenheiro que projetou o Cristo Redentor era carioca, a equipe de escultores era liderada por Paul Landowski, escultor francês. Contribuiu também o artista romeno  Gheorge Leonida, responsável por esculpir o rosto da escultura. A estrutura é em concreto armado e a parte exterior foi feita em pedra-sabão. As obras demoraram 9 anos para serem concluídas.

 

 

Imediatamente o Cristo Redentor se tornou um grande símbolo do Rio de Janeiro e do Brasil, e passou a ser um dos pontos turísticos mais visitados do mundo. Em 1990 passou por uma grande restauração, novamente feita em 2010. A estátua tem 30 metros de altura (fora os 8 metros do pedestal). Você já visitou o Cristo Redentor? Se sim, conte como foi sua experiência nos comentários.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •