Nascimento do primeiro bebê de proveta

Conheça um pouco mais sobre a técnica que revolucionou a reprodução humana

 

Em 25 de julho de 1978 nascia o primeiro bebê de proveta do mundo. Louise Brown nasceu em Bristol, na Inglaterra, depois de um processo nunca antes tentado e que havia causado uma grande polêmica na época, contando até com a posição contrária do Vaticano. O termo “proveta” advém exatamente da fertilização do óvulo em um laboratório.

Tanto a fertilização in vitro, quanto a inseminação artificial são consideradas formas de fecundação fora das circunstâncias naturais (relações sexuais). No começo das técnicas de reprodução assistida, uma grande polêmica surgiu ao redor do mundo. Será que essa seria uma técnica segura? O tempo provou que sim, e atualmente, uma grande quantidade de casais inférteis ou mulheres que desejam ter filhos sem a presença masculina utilizam esse processo.

O primeiro bebê de proveta brasileiro nasceu em 1984 no Paraná, ajudando no aprimoramento das técnicas de reprodução assistida no país. Em 2015, cerca de 73 mil embriões foram utilizados em procedimentos de fertilização, segundo dados do SisEmbrio (Sistema Nacional de Produção de Embriões). Em 2012, o mundo chegou a marca de 5 milhões de pessoas nascidas dessa forma.

 

Nascimento do primeiro bebê de proveta no Brasil, 1984
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •