Neto Marques

Saiba mais sobre a experiência deste jovem pernambucano no Canadá

 

NomeJosé Marques dos Santos Neto

Idade: 18 anos

Profissãoinstrutor de língua inglesa no Programa Ganhe o Mundo e estudante

Biografia: atualmente faz faculdade de Letras – Português/Inglês na UFRPE, mora em Jupi/PE, gosta muito de estudar a língua inglesa e adora lecionar. Viajou para o Canadá em agosto de 2015 pelo Programa Ganhe o Mundo e fazer esse intercâmbio foi a melhor coisa da vida para ele.

 

Sempre tive vontade de viajar para fora do país, mesmo que só fosse pra passear. Eu já conhecia o Programa Ganhe o Mundo (PGM), mas durante o ensino médio tive a oportunidade única de me inscrever em um curso de inglês totalmente gratuito. Depois de todo o curso, de fazer algumas provas, estudar o idioma, fiz uma prova de inglês + (notas de português e matemática do 1º ano do Ensino Médio), e felizmente tive a oportunidade de fazer esse intercâmbio de 6 meses. Fui para o Canadá, fiquei na cidade de Winnipeg, na província de Manitoba.

 

Antes da viagem, tive alguns problemas em relação à organização da viagem mesmo, porque é necessário participar de várias reuniões e vários documentos que são solicitados. Pequenos detalhes podem acabar tirando seu foco, e de qualquer forma, é necessário tentar resolver esses impasses para que a viagem ocorra da maneira mais tranquila possível. Durante a viagem, felizmente não tive grandes problemas, tentei ao máximo me habituar ao Canadá. Eu estava vivenciando uma realidade que até então não era minha, portanto eu precisava me adequar ao que eles viviam. Não passei por grandes perrengues, tentei ao máximo me comunicar desde o período que cheguei até o momento que fui embora. Em algumas ocasiões a tristeza bateu, o sentimento de solidão também, mas nada tão relevante assim. Por estar vivendo em outro ambiente, a gente acaba se acostumando e esses sentimentos acabam se amenizando.

 

“(A viagem) foi maravilhosa. Acho que viver fora da sua zona de conforto sempre vai ser uma experiência enriquecedora”.

 

(A viagem) foi maravilhosa. Acho que viver fora da sua zona de conforto sempre vai ser uma experiência enriquecedora. Sobre o Canadá, eu posso dizer que amei relativamente tudo, não vi problemas suficientes para me fazer dizer que não gostei da experiência. Muito pelo contrário, tudo que vivenciei acabou me dando mais amor por esse país. Eu amei todo o acolhimento que recebi pelos canadenses, e em especial aos amigos do Brasil, México, Espanha, China, Japão, etc. As pessoas são muito educadas, tentam ao máximo fazer com que você se sinta em casa, me ajudaram bastante na questão do desenvolvimento da segunda língua (o inglês). A comunicação com eles é muito importante, principalmente se você se hospedar em uma casa de família anfitriã, porque você acaba criando laços afetivos e a comunicação acaba se tornando fácil.

 

Sobre o que não gostei, não sei definir exatamente, já que procurei ao máximo não me importar com problemas irrelevantes… mas como em todo lugar, a gente acaba encontrando pessoas preconceituosas e que não entendem a razão de você estar ali. A maior diferença entre o Brasil e o Canadá, pode ser a questão da educação que as pessoas têm, assim como a questão da limpeza. O Canadá é um país extremamente limpo, dificilmente você vai encontrar lixo nas ruas. Além de que, o Canadá está sempre aberto para receber a diversidade cultural.

 

“Eu amei todo o acolhimento que recebi pelos canadenses, e em especial aos amigos do Brasil, México, Espanha, China, Japão, etc”.

 

Se você é uma pessoa sonhadora (como eu!!!), lhe indico que viaje muito, procure sair da sua zona de conforto, estude e se dedique ao máximo naquilo que você almeja. Tenho plena convicção que o Canadá irá lhe receber muito bem, assim como as pessoas. É um lugar mágico! Sim, tem coisa ruim também, mas a experiência de conhecer este país é ainda maior do que os males por trás disso, além de ser um país lindo! Então, continue sonhando e idealizando, a experiência que eu tive foi inesquecível, e hoje tenho o sentimento de gratidão e de muita saudade.

 

(No futuro) Quero viajar muito!! Não sei dizer, ainda quero ir aos Estados Unidos, China, Irlanda, Alemanha… Não sou capaz de escolher só um, são muitos lugares maravilhosos, mas se pudesse viajar novamente HOJE, voltaria ao Canadá.

 

Compartilhe sua história conosco também:

 

Conte sobre seu intercâmbio ou residência no exterior

 

Conte sobre suas experiências de vida ou conhecimentos práticos que podem ajudar as outras pessoas

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •