Pernambuco em regiões – Parte 1

Entenda melhor como o território pernambucano é dividido

 

 

Por Audálio Machado

 

 

Já falei sobre as maiores e menores cidades de Pernambuco (saiba mais aqui e aqui) há uns meses atrás. Depois de ficar algum tempo sem tratar de temas regionais, escolhi escrever sobre as regiões do meu estado natal. Bem, há três divisões usadas atualmente para dividir o território pernambucano: mesorregiões e microrregiões, ambas definidas pelo IBGE; e as Regiões de Desenvolvimento, delimitadas pelo governo estadual.

De fato, poderia fazer um artigo detalhado sobre as cinco mesorregiões de Pernambuco, que são divididas em maior razão pelo clima, vegetação e aspectos geográficos. Essa segmentação separa o estado em: Sertão, São Francisco, Zona da Mata, Agreste e Região Metropolitana. Por outro lado, explicar sobre as 19 microrregiões seria um bom desafio para condensar muita informação de forma que não deixasse o texto chato. No entanto, preferi utilizar a definição geopolítica estadual, que fraciona o território pernambucano em 12 regiões. No apelo popular, essa partição  também é a mais conhecida e você vai entender o porquê abaixo.

 

 

Agreste Central

 

Municípios: Agrestina, Alagoinha, Altinho, Barra de Guabiraba, Belo Jardim, Bezerros, Bonito, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Caruaru, Cupira, Gravatá, Ibirajuba, Jataúba, Lagoa dos Gatos, Panelas, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Sanharó, São Bento do Una, São Caitano, São Joaquim do Monte, Tacaimbó.

 

População total: 1.134.596 de habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Caruaru (356.128 habitantes)

Menor cidade: Ibirajuba (7.735 habitantes)

 

Vista aérea de Caruaru

 

Agreste Meridional

 

Municípios: Águas Belas, Angelim, Bom Conselho, Brejão, Buíque, Caetés, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Correntes, Garanhuns, Iati, Itaíba, Jucati, Jupi, Jurema, Lagoa do Ouro, Lajedo, Palmeirina, Paranatama, Pedra, Saloá, São João, Terezinha, Tupanatinga, Venturosa.

 

População total: 682.218 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Garanhuns (138.642 habitantes)

Menor cidade: Terezinha (7.120 habitantes)

 

Vista panorâmica de Garanhuns

 

Agreste Setentrional

 

Municípios: Bom Jardim, Casinhas, Cumaru, Feira Nova, Frei Miguelinho, João Alfredo, Limoeiro, Machados, Orobó, Passira, Salgadinho, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Vicente Férrer, Surubim, Taquaritinga do Norte, Toritama, Vertente do Lério, Vertentes

 

População total: 573.692 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Santa Cruz do Capibaribe (105.761 habitantes)

Menor cidade: Vertente do Lério (7.641 habitantes)

 

Vista aérea de Santa Cruz do Capibaribe

 

Mata Norte

 

Municípios: Aliança, Buenos Aires, Camutanga, Carpina, Chã de Alegria, Condado, Ferreiros, Glória do Goitá, Goiana, Itambé, Itaquitinga, Lagoa do Carro, Lagoa de Itaenga, Macaparana, Nazaré da Mata, Paudalho, Timbaúba, Tracunhaém, Vicência.

 

População total: 608.844 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Carpina (82.685 habitantes)

Menor cidade: Camutanga (8.493 habitantes)

 

Carpina

 

Mata Sul

 

Municípios: Água Preta, Amaraji, Barreiros, Belém de Maria, Catende, Chã Grande, Cortês, Escada, Gameleira, Jaqueira, Joaquim Nabuco, Maraial, Palmares, Pombos, Primavera, Quipapá, Ribeirão, Rio Formoso, São Benedito do Sul, Sirinhaém, São José da Coroa Grande, Tamandaré, Vitória de Santo Antão, Xexéu.

 

População total: 786.127 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Vitória de Santo Antão (137.578 habitantes)

Menor cidade: Maraial (11.433 habitantes)

 

Vista aérea de Vitória de Santo Antão

 

Região Metropolitana

 

Municípios: Abreu e Lima, Araçoiaba, Cabo de Santo Agostinho, Camaragibe, Fernando de Noronha, Igarassu, Ipojuca, Ilha de Itamaracá, Itapissuma, Jaboatão dos Guararapes, Moreno, Olinda, Paulista,  Recife, São Lourenço da Mata.

 

População total: 3.874.452 de habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Recife (1.633.967 de habitantes)

Menor cidade: Fernando de Noronha (3.016 habitantes)

 

Vista aérea da orla do Recife

 

Sertão Central

 

Municípios: Cedro, Mirandiba, Parnamirim, Salgueiro, São José do Belmonte, Serrita, Terra Nova, Verdejante.

 

População total: 181.612 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Salgueiro (60.453 habitantes)

Menor cidade: Verdejante (9.490 habitantes)

 

Salgueiro

 

Sertão de Itaparica

 

Municípios: Belém do São Francisco, Carnaubeira da Penha, Floresta, Itacuruba, Jatobá, Petrolândia, Tacaratu.

 

População total: 146.995 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Petrolândia (36.108 habitantes)

Menor cidade: Itacuruba (4.858 habitantes)

 

Petrolândia

 

Sertão do Araripe

 

Municípios: Araripina, Bodocó, Exu, Granito, Ipubi, Moreilândia, Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena, Trindade.

 

População total: 330.953 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Araripina (83.757 habitantes)

Menor cidade: Granito (7.417 habitantes)

 

Foto aérea de Araripina

 

Sertão do Moxotó

 

Municípios: Arcoverde, Betânia, Custódia, Ibimirim, Inajá, Manari, Sertânia.

 

População total: 231.560 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Arcoverde (73.667 habitantes)

Menor cidade: Betânia (12.637 habitantes)

 

Arcoverde

 

Sertão do Pajeú

 

Municípios: Afogados da Ingazeira, Brejinho, Calumbi, Carnaíba, Flores, Iguaracy, Ingazeira, Itapetim, Quixaba, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Terezinha, São José do Egito, Serra Talhada, Solidão, Tabira, Triunfo, Tuparetama.

 

População total: 330.558 (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Serra Talhada (85.568 habitantes)

Menor cidade: Ingazeira (4.542 habitantes)

 

Vista panorâmica de Serra Talhada

 

Sertão do São Francisco

 

Municípios: Afrânio, Cabrobó, Dormentes, Lagoa Grande, Orocó, Petrolina, Santa Maria da Boa Vista.

 

População total: 496.618 habitantes (IBGE/2017)

 

Maior cidade: Petrolina (343.219 habitantes)

Menor cidade: Orocó (14.794 habitantes)

 

Petrolina

 

Pelas informações apresentadas é possível observar que a Região Metropolitana tem a maior população de forma disparada. Em sentido oposto, o Sertão de Itaparica é o menos populoso, com uma população de 146.995 habitantes. Os locais com menos municípios são: Sertão do São Francisco, Sertão do Moxotó e o Sertão de Itaparica, que contam com 7 cidades. Os Agrestes Central e Meridional contam com 26 municipalidades em seu território. No total há 185 centros urbanos em Pernambuco, todos distribuídos nas 12 Regiões de Desenvolvimento. Em um próximo artigo, trarei informações mais completas sobre essa divisão geopolítica pernambucana. Aguardem a parte 2, até a próxima!

 

Referências:

 

http://www.bde.pe.gov.br/visualizacao/Visualizacao_formato2.aspx?CodInformacao=798&Cod=1

http://www.bde.pe.gov.br/estruturacaogeral/mesorregioes.aspx

https://cidades.ibge.gov.br/

 

  • 17
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •