A população dos municípios brasileiros

Entenda mais sobre algumas variações e dados populacionais das cidades brasileiras

 

Por Audálio Machado

 

No Federalismo Brasileiro o município é a unidade básica, onde as pessoas nascem, residem, trabalham e fazem as demais particularidades da vida. No Brasil há 5570 cidades, divididas nos 26 estados e no Distrito Federal. Juntas elas totalizam 207 milhões de habitantes, segundo a estimativa do IBGE deste ano. Este artigo vem para demonstrar e explicar alguns dados referentes às populações desses núcleos urbanos.

Desde os anos 70 o Brasil passou a ser um país majoritariamente urbano. O êxodo rural e as altas taxas de natalidade, aliados a falta de infraestrutura e a má gestão pública, fizeram com que muitas cidades crescessem desordenadamente. Hoje em dia, quase 85% da população brasileira vive em zonas urbanas e o número só aumenta. No entanto, é importante ressaltar que muitos municípios, principalmente no Centro-Oeste e Norte, são grandes extensões improdutivas de terra ou abrigam grandes áreas de preservação dos biomas nacionais.

 

Altamira (159.695,938 km²) é o maior município brasileiro, tendo uma área maior do que 10 estados e o DF. Também é maior do que vários países mundo afora.

 

A partir da Constituição de 1988 o município se tornou ainda mais importante para a política e a sociedade brasileiras. Foram dadas mais atribuições e autonomia para este ente federado, o que aumentou a importância das prefeituras e políticas públicas municipais. Infelizmente ainda é perceptível que muitas cidades se sustentam apenas com os repasses federais e estaduais, não conseguindo manter uma economia produtiva e sustentável. Isso nos faz questionar se a existência de alguns municípios é realmente necessária ou seria melhor que eles fizessem parte de algum centro urbano maior.

A seguir vamos apresentar alguns dados e informações sobre nossas cidades, com os dados atualizados pelo IBGE em 1 de julho de 2017.

 

Lista dos municípios brasileiros com mais de 1 milhão de habitantes (2017)

 

 

Como pode ser apreendido pelo quadro acima o Brasil tem 17 cidades com mais de 1 milhão de habitantes. Somadas, elas totalizam 45,5 milhões de pessoas e 21,9% da população brasileira. Incrível como menos de 20 centros urbanos concentram 1/5 de todos os indivíduos do país. Para completar, no total há 310 (5,6% de 5570) municípios com mais de 100 mil habitantes e estes abrigam 56,5% da população ou 117,2 milhões de pessoas.

No sentido oposto, existem 3 cidades brasileiras com menos de 1000 habitantes. O menor município brasileiro é Serra da Saudade em Minas Gerais, onde moram 812 pessoas. Também há Borá-SP e Araguainha-MT que têm populações de 839 e 931, respectivamente. O Brasil na disposição populacional dos seus municípios também é um país de contrastes. “A maior parte dos municípios brasileiros (68,3%) possui até 20 mil habitantes e abriga apenas 15,5% da população do país (32,2 milhões de habitantes)” (IBGE).

 

Palmas foi a capital que mais cresceu neste último ano

 

Para complementar, entre as capitais brasileiras Palmas foi a que teve o maior crescimento populacional, enquanto Porto Alegre foi a que menos cresceu. É de se destacar também o aumento das populações de Brasília, Manaus e Macapá. As capitais dos estados possuem 49,8 milhões de habitantes e 23,8% da população nacional.

Enquanto isso, o IBGE explica que “Considerando a composição das Regiões Metropolitanas e Regiões Integradas de Desenvolvimento (RIDES) de 31 de dezembro de 2016, a RM de São Paulo é a mais populosa, com 21,4 milhões de habitantes, seguida da RM do Rio de Janeiro (12,4 milhões de habitantes), da RM de Belo Horizonte (5,9 milhões de habitantes), e da Região Integrada de Desenvolvimento (RIDE) do Distrito Federal e Entorno (4,4 milhões de habitantes). Entre as Regiões Metropolitanas ou RIDES, 28 possuem população superior a 1 milhão de habitantes e somam 97,9 milhões de habitantes, representando 47,1% da população total”.

 

Número de municípios por estado e população média por município

 

tabela4

*O Distrito Federal não entra na conta pois é considerado um município apenas.

 

Como podemos observar, Minas Gerais é disparadamente o estado com mais municípios, seguido de São Paulo e Rio Grande do Sul. Em direção oposta, Roraima possui apenas 15 cidades diferentes em seu território. Amapá e Acre completam a lista com 16 e 22 centros urbanos, respectivamente. Sergipe, a menor Unidade Federativa (UF) em tamanho tem 75 municípios, 13 a mais do que o Amazonas, estado com a maior extensão territorial no Brasil. A UF com maior média populacional por cidade é o Rio de Janeiro, com mais de 180 mil habitantes por município. A menor fica com Tocantins, que totaliza apenas 11,5 mil pessoas por centro urbano. São Paulo possui a segunda maior média, seguido pelo Amazonas.

Para finalizar, é preciso dizer que 24,5% (1.364) dos nossos municípios tiveram redução populacional. Na contramão, em 207 cidades houve um crescimento populacional de mais de 2% da sua população em apenas um ano. Foi percebido que os entes federados com menos de 20 mil habitantes foram os que perderam mais cidadãos, enquanto as cidades com mais de 100 mil pessoas tiveram forte crescimento populacional. Ainda se pode ressaltar que no Norte e Centro-Oeste foram encontradas as cidades com o maior aumento no número de moradores.

 

Referências

 

https://cidades.ibge.gov.br/

https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-sala-de-imprensa/2013-agencia-de-noticias/releases/16131-ibge-divulga-as-estimativas-populacionais-dos-municipios-para-2017.html

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •