5 curiosidades sobre Aldo locatelli

Conheça mais sobre esse pintor italiano

 

1 – infância e juventude

Nascido em 18 de agosto de 1915, Aldo Daniele Locatelli foi um pintor italiano radicado no Brasil. Natural de Villa D’Almè, no norte da Itália, era de uma família humilde. Aos 10 anos, presenciou os trabalhos de restauradores que trabalhavam na igreja local, e logo se interessou pelas artes. Após vencer a resistência dos pais, começou a estudar pintura formalmente apenas aos 16 anos. Entre 1932 e 1935 estudou na Academia Carrara de Belas Artes.

 

Santa Ceia, Igreja de São Pelegrino

 

2 – Oportunidades surgem

Demonstrando seu talento, Locatelli acabou sendo premiado com uma bolsa na Escola de Belas Artes de Roma, onde buscou estudar os pintores renascentistas. Esta influência seria levada pela vida toda. Com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, o pintor foi enviado para o sul da Itália e depois para a África, onde acabou ferido e liberado do serviço. Na mesma época seu pai faleceu, o que fez voltar para sua terra natal. Até 1948 fez obras de restauração em igrejas por toda a Itália, além de ter seu próprio ateliê.

 

Juízo Final e cenas do Dies Irae, teto de São Pelegrino, Caxias do Sul

 

3 – Brasil

Em 1948 foi convidado pelo bispo de Pelotas, também italiano, para pintar afrescos na catedral da cidade. No ano seguinte, ajudou na reorganização da  Escola de Belas Artes pelotense, atuando como professor e tutor. Recebendo fama em todo o Rio Grande do Sul, Locatelli decidiu trazer sua esposa para o Brasil. Em 1950 fez sua arte sacra na principal igreja de Caxias do Sul e no ano seguinte foi escolhido para pintar painéis no Palácio Piratini, sede do governo estadual.

 

Coroação da Virgem, Catedral de Santa Maria

 

4 – Carreira consolidada

Em poucos anos, Locatelli se tornou conhecido e requisitado pelos gaúchos. Logo era o decorador de igrejas mais requisitado de todo o estado. Além disso, foi contratado como professor do Instituto de Belas Artes, em Porto Alegre. Aos poucos, sua fama foi chegando no Sudeste, onde foi contratado para diversos trabalhos em São Paulo. Nesta época já tinha se naturalizado brasileiro.

 

Via Crúcis, Igreja de São Pelegrino

 

5 – Ano finais

Ainda nos anos 50, Locatelli pintou painéis e afrescos na Catedral de Santa Maria, em Caxias do Sul e na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Baseado na arte renascentista e barroca, o pintor ítalo-brasileiro conseguiu adquirir um estilo próprio ao incrementar a suas bases, o maneirismo e o modernismo. Acabou se tornando um dos principais nomes da arte gaúcha no Século 20 em menos de 15 anos morando no estado. Faleceu com apenas 47 anos, em 1962, deixando um belo legado.

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •