Pessoas

5 curiosidades sobre Diego Velázquez

Conheça mais sobre esse pintor espanhol

 

1 – Infância e juventude

Diego Velázquez foi um famoso pintor espanhol nascido em 1599. Natural da cidade de Sevilha, era o mais velho de oito filhos de uma família de origem portuguesa. Fazendo parte da baixa nobreza da cidade, ainda jovem foi levado para estudar pintura com Francisco Herrera, famoso artista local. Ainda estudou por 6 anos com Francisco Pacheco, um dos líderes dos pintores locais. Acabou se formando em 1617, quando tinha 18 anos.

 

Diego Velázquez foi um artista tecnicamente formidável, e na opinião de muitos críticos de arte, insuperável pintor de retratos.

 

2 – Início de carreira

Assim que conseguiu sua licença como pintor, Velázquez abriu seu ateliê em Sevilha. No início da sua carreira, pintava muitas obras religiosas ao estilo renascentista. Em 1618 casou-se com a filha de Francisco Pacheco, seu antigo professor e logo tiveram a primeira filha. Durante uma viagem para Madrid, onde iria pintar o retrato do famoso poeta barroco Luís de Góngora, o artista sevilhano conheceu um nobre da sua cidade. Deste modo, conseguiu acesso à família real.

 

Papa Inocêncio X, 1650

 

3 – Pintor real

Em 1623, Velázquez foi convidado para ser o pintor real após a morte do anterior. Logo retratou o rei Felipe IV. Ainda na década de 1620 viajou à Itália, onde passou um ano e meio estudando e conhecendo os diferentes estilos de pintura das principais cidades italianas. De volta a Espanha em 1631, o artista entrou na fase mais produtiva da sua carreira: além de retratar os membros da família real, também buscou pintar obras com teor mitológico e religioso.

 

A crucificação de Jesus Cristo, c.1632

 

4 – Auge

Como pintor real, fez várias viagens acompanhando o monarca. Também ganhou condecorações e títulos de nobreza, além de se tornar um funcionário da coroa espanhola para assuntos artísticos. Em uma viagem para comprar obras e esculturas de renomados artistas italianos, Velázquez pintou um retrato do Papa Inocêncio X, obra que o deixou famoso mundialmente. Em sua estadia na Itália se tornou membro de várias academias e agremiações artísticas.

 

As Meninas, 1656
Mais conhecida como Las Meninas esta obra é uma das mais importantes e a mais famosa. Utilizou sua iluminação característica, introduziu um auto-retrato e sua técnica de quadro dentro do quadro.

 

5 – Anos finais

Ao voltar para Madrid em 1651, Velázquez recebeu a missão de decorar os palácios reais. Neste período, faz obras formidáveis, com destaque para a tela “As Meninas” (1656), no qual pintou a princesa Margarida, suas damas de honra e ele mesmo pintando o quadro. Esta é considerada sua melhor pintura por muitos críticos. Após um trabalho exaustivo para uma cerimônia diplomática entre Espanha e França,o genial pintor faleceu em 6 de agosto de 1660, após contrair uma febre. Tinha 61 anos de idade. Sua técnica apurada e a qualidade das suas obras o fizeram ser inspiração para grande parte dos pintores até o final do Século 19, inclusive os impressionistas e realistas.

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas