Pessoas

5 curiosidades sobre Edgar Degas

Conheça mais sobre esse pintor, escultor e gravurista francês

1 – Infância e juventude
Edgar Hilaire Germain Degas foi um pintor, escultor e gravurista francês nascido em 19 de julho de 1834. Natural de Paris, era filho de um rico banqueiro. Ficou órfão de mãe no início da adolescência, tendo uma forte ligação com seu pai, que o levava para apreciar as exposições do Museu do Louvre e dos aristocratas parisienses. Estudou no famoso Liceu Louis-le-Grand, onde acabou o colégio. Iniciou a faculdade de direito, mas com 20 anos a abandonou para estudar pintura.

 

Exportadores de algodão-1873-Degas.

2 – Começo nas Artes
Em 1854, Degas iniciou seus estudos no ateliê de Louis Lamothe, discípulo do grande Jean-Auguste Ingres (saiba mais aqui). Ficou um ano na Escola de Belas Artes antes de viajar para a Itália para visitar familiares e estudar os grandes mestres renascentistas. Lá, passou 3 anos copiando obras dos grandes pintores italianos, além de pintar fatos do cotidiano. De volta a Paris, fez amizade com Édouard Manet (saiba mais aqui), que lhe apresentou a artistas que futuramente seriam ícones do estilo impressionista.

 

Retrato da família Bellelli, 1860, Museu de Orsay.

3 – Impressionismo
Apresentado a figuras como Monet (saiba mais aqui), Renoir e Pissarro, Degas se viu influenciado pelo estilo destes, mudando seu estilo gradativamente até ser enquadrado no Impressionismo. No entanto, as obras dele eram bem diferentes da maioria dos pintores impressionistas, pois gostava de retratar pessoas, animais e cenas cotidianas, ao contrário das paisagens habitualmente pintadas pelos outros. Ao mesmo tempo em que mudava seu estilo, a Guerra Franco-Prussiana eclodiu em 1870, e o pintor de 36 anos se alistou na artilharia do exército francês.

 

Edgar Degas – O absinto.

4 – Consolidação
Após o fim do conflito, foi visitar um tio em New Orleans, nos Estados Unidos, onde retratou a cultura norte-americana de forma singular. De volta a Paris, passou a pintar frequentemente as cenas do balé local. Esta série sua é uma das mais famosas da sua carreira. Também colecionador de arte, o artista francês teve que vender grande parte da sua coleção para quitar dívidas após a morte do seu pai em 1874. Em diversas exposições, sua pintura era claramente diferente da maioria dos impressionistas: por muitas vezes o próprio Degas se irritava com a comparação com seus colegas de movimento.

 

A aula de dança, Museu d’Orsay.

5 – Anos finais
A partir da década de 1880, sua visão foi se deteriorando, o que o impeliu a fazer quadros com tons pastel. Também iniciou sua incursão na escultura, arte que dominou rapidamente e o fez se tornar famoso em toda a Europa. Desde o começo do Século 20 os sérios problemas de visão e sua antipatia social o fizeram se isolar. Acabou morrendo solitário em 1917, com 83 anos. Sua morte pouco foi noticiada, pois ocorreu no meio da Primeira Guerra Mundial.

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas