5 curiosidades sobre José de Alencar

Conheça mais sobre esse importante escritor brasileiro

 

1 – José de Alencar era natural do Ceará e nasceu no dia 1° de maio de 1829. Se destacou como escritor, político e jornalista, sendo considerado um dos maiores escritores brasileiros de todos os tempos. Nasceu de um relacionamento ilegítimo entre um padre e sua prima de primeiro grau. Dessa união escandalosa para a época nasceram 12 filhos.

 

Casa de José de Alencar em Messejana, hoje um distrito de Fortaleza.

 

2 – Após se desligar da Igreja, seu pai se tornou político. Foi eleito senador e presidente (governador) do Ceará em dois períodos. Isto fez com que sua família se mudasse para o Rio de Janeiro. Após concluir o colégio, José de Alencar foi estudar Direito em São Paulo, onde iniciou a escrever. Em 1847 começou a escreveu seu primeiro romance, intitulado “Os Contrabandistas”, que acabou não sendo concluído.

 

O jovem José de Alencar.

 

3 – Formado em 1850, pouco exerceu a profissão de advogado em sua vida. Quatro anos depois iniciou a carreira no jornalismo no Correio Mercantil, onde apresentava as novidades do mundo literário e da sociedade brasileira em sua coluna. Em 1856 se tornou redator-chefe no Diário do Rio de Janeiro, mas o que houve de mais importante neste ano foi o lançamento de “Cinco Minutos”, sua primeira obra publicada. No ano seguinte lançou mais dois grande sucessos: “A Viuvinha” e “O Guarani”. Este último romance fez de José de Alencar uma pessoa famosa.

 

O Guarani, 1ª Edição, 1857.

 

4 – Em 1858 ingressou na burocracia, mas seguiu os passos do pai ao ser eleito deputado pelo Ceará em 1861. José de Alencar escreveu “Iracema” em 1865, quando conseguiu mais um sucesso de público. Foi reeleito mais 4 vezes, inclusive sendo indicado para o cargo de Ministro da Justiça por dois anos. Como membro do Partido Conservador, era a favor da escravidão. Em 1870 abandonou a política após ser substituído como ministro por D. Pedro II (saiba mais aqui).

 

Monumento a José de Alencar na praça José de Alencar, no Rio de Janeiro.

5 – Na década de 1870 publicou “Ubirajara” (1874) e “Senhora” (1875). Em 1877 foi acometido por uma tuberculose agressiva. Tentou tratamento na Europa, mas sem conseguir melhorar, retornou ao Brasil e acabou falecendo em dezembro de 1877, com apenas 48 anos. José de Alencar se notabilizou com um dos principais nomes do Romantismo no Brasil, sendo considerado um escritor da primeira geração deste gênero literário no Brasil. Em suas obras retratava de forma romantizada os indígenas, temas regionais e tinha um forte cunho nacionalista.

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •