Pessoas

5 curiosidades sobre Neil Armstrong

Conheça mais sobre esse norte-americano

 

1 – Infância e juventude

Neil Armstrong foi um astronauta, militar e engenheiro norte-americano nascido em 5 de agosto de 1930. Natural da cidade de Wapakoneta, no estado de Ohio, aprendeu a pilotar com apenas 15 anos de idade. Em 1949 concluiu o curso de piloto da Marinha, indo prontamente combater na Guerra da Coreia. Atuou em mais de 70 missões durante o conflito, inclusive ganhando várias medalhas de honra ao mérito. Retornou para os Estados Unidos em 1952.

 

Armstrong trabalhando no módulo lunar Eagle na lua, em 1969.

 

2 – Faculdade e piloto de testes

Logo após seu retorno, começou a cursar Engenharia Aeroespacial pela Universidade de Purdue. Formado em 1955, tornou-se piloto de testes de várias fabricantes de aeronaves. Testou centenas de modelos com êxito, incluindo modelos experimentais para missões nas camadas superiores da atmosfera. No entanto, após alguns anos neste setor, Armstrong se interessou por uma oportunidade única…

 

Câmera de TV externa do Módulo Lunar Eagle mostra Neil Armstrong pisando na Lua.

 

3 – Astronauta

Em 1962, o aviador norte-americano entrou na segunda seleção de astronautas da NASA, a agência espacial dos Estados Unidos. Mesmo com experiência militar, Armstrong foi o primeiro civil a conseguir ser aprovado no programa. Na época em que foi aprovado, a corrida espacial pegava fogo entre os americanos e os russos, que haviam mandado o primeiro satélite e a primeira pessoa para a lua (saiba mais aqui). Sua primeira missão foi a Gemini VIII (1966), na qual foi comandante. Após esse primeiro voo orbital, fez visitas aos países da América do Sul.

 

Armstrong recebe a Medalha de Honra Espacial do Congresso das mãos do presidente Jimmy Carter. Janeiro, 1978.

 

4 – A Lua

Em 1969, após muitos testes, a NASA enviou Armstrong, “Buzz” Aldrin e Michael Collins na primeira missão tripulada para a Lua. Na chegada, após perceber a presença de crateras e pedras gigantes, o comandante Armstrong pousou o módulo lunar manualmente, dando provas da sua competência e frieza. Logo ao descer, ele falou uma das frases mais conhecidas da história: “Este é um pequeno passo para o homem, mas um grande salto para a humanidade” (confira abaixo a gravação original). Ele e seus companheiros coletaram amostras lunares e fincaram a bandeira norte-americana no satélite natural da Terra. Após a volta para o planeta, os três foram aclamados como heróis mundiais pelo feito.

 

Neil Armstrong e Michael Collins condecorados pelo governo brasileiro, 1969. Arquivo Nacional.

 

5 – Resto da vida

Em 1970, Armstrong concluiu seu mestrado e saiu da NASA. Acabou se tornando professor da Universidade de Cincinnati até o final da década e depois foi diretor em uma empresa. De caráter muito discreto, não aparecia muito publicamente. Costumava aparecer em homenagens e eventos relacionados ao seu feito, mas era considerado uma pessoa muito simples e cordial. Recusou diversas propostas para ser político e garoto-propaganda de grande multinacionais. Faleceu em agosto de 2012, aos 82 anos de idade, acometido por problemas pós-operatórios de uma cirurgia cardíaca.

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas