Pessoas

5 curiosidades sobre o Barão Vermelho

Conheça mais sobre esse famoso aviador alemão

 

1 – Manfred von Richthofen foi um famoso aviador alemão da Primeira Guerra Mundial. Mais conhecido pelo apelido de Barão Vermelho, nasceu em 2 de maio de 1892. Natural de Breslau (atual Wroclaw, na Polônia), cidade do Império Alemão, era de uma família nobre com longos antecedentes militares.

 

Richthofen usando a Pour le Mérite, a mais alta condecoração militar no seu retrato oficial, 1917

 

2 – Interessado em caça e equitação, ingressou desde os 11 anos na educação militar. No fim da adolescência se tornou membro da Academia Militar de Lichterfelde, próxima a Berlim. Em 1911, com apenas 19 anos, passou a fazer parte do 1.º Regimento de Cavalaria alemão. Fazia parte das tropas designadas como ulanos, um tipo de cavalaria ligeira que usava lanças.

 

 

Uma réplica do triplano Fokker Dr.I de Manfred von Richthofen.

 

3 – Com o estopim da Primeira Guerra, foi designado para o combate na Rússia. Após algum tempo lutou na França e na Bélgica. Com o prosseguimento do conflito, o futuro Barão Vermelho viu seu regimento ser extinto pela pouca efetividade da cavalaria em combates baseados em trincheiras. Foi então designado para funções burocráticas, o que o entristeceu muito. Desse modo, pediu para ser transferido para a Força Aérea Alemã (Luftstreitkräfte) após observar aviões nos bastidores dos combates.

 

Lanoe George Hawker foi morto em um duelo com o lendário ás alemão Manfred von Richthofen (“O Barão Vermelho”).

 

4 – Nos primeiros meses era um observador, ajudando pilotos de espionagem e auxiliando com uma metralhadora na retaguarda dos aviões. Em outubro de 1915 conheceu Oswald Boelcke, ás da aviação e um dos primeiros grandes estrategistas aéreos da história. Com menos de 30 horas de treino com Boelcke, já estava habilitado para os combates. Usado inicialmente na unidade de bombardeiros, logo foi recrutado por seu professor para ser um piloto de caça. Nesta função, obteve sua primeira vitória em setembro de 1916. Desta data em diante, a lenda do Barão Vermelho começou. No total, Richthofen conseguiu 80 vitórias em sua curta carreira de 1916 a 1918. Mesmo não sendo um piloto audacioso, como muitos pensam, era um exímio atirador e um excelente líder e estrategista.

 

O Albatros D.II foi um avião de caça alemão usado durante a Primeira Guerra Mundial. Depois de uma carreira de combate bem sucedida no início da Jagdstaffeln, foi gradualmente substituído pelo Albatros D.III

 

5 – Em junho de 1917 foi nomeado líder de esquadrão, o que o fez pintar seu avião de vermelho. Por sua perícia e a cor da aeronave, foi apelidado de Barão Vermelho. A maioria das suas vitórias ocorreu com os aviões da série Albatros e o famoso Fokker Dr.I. Morreu em combate após ficar sozinho em área inimiga. Ao perseguir uma aeronave canadense, começou a ser alvejado por caças e artilharia aliada. Os britânicos alegam que um dos seus pilotos foi quem abateu o Barão Vermelho, mas os estudos mais recentes alegam que um tiro vindo de um soldado australiano veio do solo e atravessou a axila direita do lendário piloto alemão, atingindo-o no coração e um dos pulmões. Esse fato lhe ocasionou a morte com apenas 25 anos de idade em abril de 1918.

  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas