Pessoas

5 curiosidades sobre Suharto

Conheça melhor este ditador indonésio

 

1 – Infância e juventude

Hadji Mohamed Suharto, conhecido apenas como Suharto, foi um militar e ditador indonésio. Nascido no dia 8 de junho 1921, ainda nas Índias Orientais Holandesas,era natural da ilha de Java, onde há a tradição de ser utilizado apenas um nome. Filho de um militar de baixa patente, desde cedo se inclinou para a carreira no Exército. Na invasão japonesa da Indonésia em 1942, lutou ao lado deles em um batalhão formado por locais. Acabou recebendo treinamento de oficial.

 

Suharto em 1947

 

2 – Crescimento nas Forças Armadas

Com o fim da Segunda Guerra e a derrota japonesa, Suharto passou a liderar uma guerrilha contra os colonizadores holandeses. Em 1949, com o reconhecimento da independência indonésia, ele conseguiu grande destaque como militar em Java, conseguindo chegar ao posto de tenente-coronel. Aos poucos foi crescendo na hierarquia militar, sendo promovido a general em 1960. Três anos depois ele passou a fazer parte do conselho de guerra indonésio, cargo de grande prestígio.

 

Treinando tiros com sua família em 1967

 

3 – O golpe e o massacre

O presidente indonésio Sukarno, que mantinha a vaga desde a independência do país, havia se aproximado do Partido Comunista Indonésio e da China, no entanto, o exército se manteve anticomunista. Esse fato ocasionou em uma tentativa de assassinato contra os principais generais indonésios, sendo que apenas Suharto sobreviveu. Nos dias seguintes, ele liderou um golpe (saiba mais aqui) que deu o poder aos militares, deixando Sukarno apenas como um fantoche na presidência. Nos meses seguintes, uma grande perseguição aos comunistas e democratas indonésios foi iniciada: há relatos de que quase 1 milhão de pessoas morreram nesse massacre.

 

 

4 – O governo

Em 1967, Suharto assumiu de forma definitiva como presidente, conseguindo levar o país a uma certa estabilidade econômica e política. Ele utilizou ajuda norte-americana para sanar alguns dos problemas da Indonésia, como infraestrutura e pobreza extrema. Em 1975, ele ordenou a invasão do Timor Leste (saiba mais aqui), ex-colônia portuguesa, anexando-o como uma província indonésia. De fato, o governo era extremamente centralizado e controlado pelos militares, prezando por unir o país pela educação em massa através da língua e dos costumes da língua da ilha principal do arquipélago, Java.

 

Suharto em 2006

 

5 – A queda

Suharto governou até 1998. Viu muito do progresso econômico e social alcançado em 30 anos de governo ser perdido em uma crise ocorrida em 1997. Esse fato foi o principal motivo da sua queda. Ele teve que renunciar e abandonar o poder. Nesse tempo todo governando com mãos de ferro, o ditador teve um grande enriquecimento pessoal, além de criar um grupo de protegidos que sugavam as verbas públicas através da corrupção. O ex-líder indonésio faleceu em 2008, na capital Jacarta. Tinha 86 anos de idade.

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas