Acontecimentos

5 fatos sobre a Batalha de Dunkirk

Conheça mais sobre esse conflito 

 

1 – Antecedentes

A Batalha de Dunkirk (em português Dunquerque, em francês, Dunkerque) foi um  conflito no começo da Segunda Guerra Mundial (saiba mais aqui), iniciado em 25 de maio de 1940. Com a invasão alemã da Polônia, em 1° de setembro de 1939, França e Reino Unido declararam guerra à Alemanha nazista. Os alemães só avançaram para o fronte ocidental no início de maio de 1940. Com uma mobilização extremamente rápida, organizada e destrutiva dominaram a Bélgica, a Holanda e várias áreas francesas com extrema facilidade. Essa era a famosa tática de Blitzkrieg (“Guerra Relâmpago”, em alemão).

 

Mapa da Batalha

 

2 – O cerco se fecha

Os britânicos enviados para ajudar os aliados na defesa contra a Alemanha também estavam completamente perdidos frente ao impressionante poderio militar alemão do início da guerra. Ao sul, as forças nazistas que haviam dominado os Países Baixos se encaminhavam para a França, enquanto a norte, as divisões de infantaria motorizada e blindada (Divisão Panzer) se moviam para Calais, porto importante e local mais próximo da Inglaterra via Canal da Mancha.

 

Prisioneiros de guerra britânicos com um tanque alemão Panzer I.

 

3 – A Operação Dynamo

Os britânicos, após perceberem que a batalha estava perdida naquele momento, pensaram em uma ação rápida para salvar os soldados aliados da morte ou do aprisionamento. Em 21 de maio, um contra-ataque surpresa dos tanques britânicos deu uma sobrevida às tropas cercadas pelos alemães. Hitler (saiba mais aqui) ordenou a parada dos avanços para proteger a infantaria que se encontrava desprotegida devido ao rápido avanço dos tanques e pela surpreendente ofensiva inglesa. Desse modo, no dia 22 foi lançada a Operação Dynamo, visando evacuar tropas da Força Expedicionária Britânica via Canal da Mancha.

 

Tropas evacuadas de Dunkirk, Dover , 31 de maio de 1940.

 

4 – A batalha

No dia 26, os primeiros navios começaram a chegar e foram percebidos pelos alemães, que retomaram seus ataques. O ponto mais crítico do conflito foi nas cercanias da cidade francesa de Dunkirk (Dunquerque), onde os acuados ingleses e franceses tentavam resistir. Com o início das evacuações uma enorme batalha pela vida e a resistência na Segunda Guerra começou: aviões e submarinos da Alemanha tentaram impedir a retirada das tropas na costa francesa, enquanto navios mercantes e militares buscavam os soldados. As Forças Aéreas britânica, polonesa e canadenses tentavam proteger a travessia, assim como contratorpedeiros e outras embarcações buscavam evitar o efeito devastador dos submarinos nazistas. A batalha também ocorreu no solo, quando milhares de soldados aliados perderam a vida para garantir o embarque de seus companheiros.

 

Memorial batalha de dunkirk.

 

5 – O fim do começo

Os cerca de 80 mil soldados em Calais defenderam bravamente sua posição, sendo a grande maioria mortos, feridos ou aprisionados. Já em Dunkirk, os trabalhos continuaram até o dia 4 de junho, com centenas de navios e barcos utilizados. Neste primeiro combate entre as Aeronáuticas de Reino Unido e Alemanha, pôde se ver um empate técnico. No fim das contas, mais de 330 mil militares britânicos, franceses, belgas e holandeses foram evacuados com sucesso até a Inglaterra, em uma medida primordial para a continuação da resistência aos avanços dos alemães comandados por Hitler. Nessa missão, a Grã-Bretanha perdeu mais de 50 mil veículos, navios e aviões, mas garantiu a continuidade da Guerra, além de salvar milhares de soldados. Esse foi um dos primeiros atos de Winston Churchill (saiba mais aqui) como primeiro-ministro. Uma derrota no curto prazo, se mostrou indispensável para a vitória no final da Segunda Guerra.

 

  • 1
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas