5 fatos sobre Alphonse Laveran

Conheça mais sobre esse renomado médico francês

 

1 – Infância e juventude

Natural de Paris, Charles Louis Alphonse Laveran foi um renomado médico francês. Nascido em 18 de junho de 1845. Filho e neto de médicos, por parte de mãe era descendente de militares de alta patente. Estudou na Faculdade de Medicina Militar em Strasbourg e logo em seguida serviu como cirurgião na Guerra Franco-Prussiana de 1870-1871.

 

Desenho de Laveran em seu caderno de 1880 mostrando diferentes estágios de Plasmodium falciparum a partir de sangue fresco.

 

2 – A vida na África

Em 1879, Laveran foi morar na Argélia, colônia francesa na África. Neste local começou a examinar pacientes acometidos com a malária. O teste era feito a olho nu e não conseguia perceber o que causava esta terrível doença em tantas pessoas. Desse modo, o médico francês resolveu examinar vítimas da enfermidade por meio de autópsias e amostras de sangue. A revelação veio no ano seguinte…

 

Nome de Charles Louis Alphonse Laveran no Friso LSHTM

 

3 – A descoberta

Laveran resolveu analisar o sangue dos doentes em um microscópio e percebeu que seres unicelulares se moviam continuamente nas amostras. Ele então raciocinou que estas células seriam as causadoras da malária. Então, o médico e pesquisador percebeu que os protozoários poderiam ser causadores de doenças em humanos.

 

Placa comemorativa no Château à Strasbourg

 

4 – Continuidade das pesquisas

Laveran continuou seus estudos e acabou por analisar outros tipos de protozoários causadores de enfermidades. Pôde confirmar sua descoberta anos depois na Itália. Suas pesquisas que haviam sido recebidas com frieza no começo pouco a pouco começaram a ser confirmadas por outros cientistas. Por seu trabalho precursor na área, o médico francês acabou por receber o Prêmio Nobel de Medicina (saiba mais aqui).

 

Túmulo em Cimetière du Montparnasse

 

5 – Fim da vida

Por suas pesquisas, passou a ser um estudioso no Instituto Pasteur (saiba mais aqui), além de se tornar comandante na Legião Francesa. Na Primeira Guerra Mundial foi um dos chefes dos corpos médicos da França. Acabou falecendo em maio de 1922, com 76 anos de idade. Laveran havia sido acometido por uma doença que o incapacitou por meses, não resistindo a mesma.

  • 3
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •