Lugares

5 fatos sobre Guantánamo

Conheça mais sobre esse curioso local

 

1 – A Baía de Guantánamo é uma formação geográfica localizada no sul de Cuba. Desde 23 de fevereiro de 1903 foi arrendada pelos Estados Unidos em caráter perpétuo. Contando com 116 km² (somando terra e água), a área abriga uma base naval e uma prisão norte-americana. É um local que sempre causou polêmica: tanto pelo regime comunista que se instalou em Cuba no final dos anos 50, quanto pelo encarceramento de centenas de pessoas classificadas como terroristas.

 

Localização geográfica da Baía de Guantánamo.

 

2 – Após a Guerra Hispano-Americana, na qual Espanha e Estados Unidos guerrearam acerca da intromissão dos norte-americanos na independência de Cuba e das Filipinas, o presidente Theodore Roosevelt entrou em acordo com o presidente cubano acerca do arrendamento de Guantánamo de forma perpétua pelo valor de 4085 dólares. O valor do aluguel se mantém até os dias atuais. O líder comunista Fidel Castro tentou retomar o controle da baía, dando um fim a concessão, mas não houve acordo.

 

Campo Delta em Guantánamo, base militar dos Estados Unidos em solo cubano.

 

3 – Em volta da base americana há um campo minado, único ainda existente no Ocidente. A cerca de 15 quilômetros do local há uma cidade também chamada Guantánamo, que conta com mais de 200 mil habitantes. Por não responder a nenhum tratado internacional, há um grande sigilo em torno da base norte-americana. Da mesma forma, a prisão foi instalada nesse local para não responder às leis dos Estados Unidos e da Convenção de Genebra, relacionada aos Direitos Humanos.

 

Entrada oficial da Baía de Guantánamo.

 

4 – Desse modo, Guantánamo se tornou uma prisão militar, principalmente após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 (saiba mais aqui). Com a chamada Guerra ao Terror iniciada pelo presidente George Bush e os conflitos iniciados no Afeganistão e no Iraque, o local se tornou peça-chave. O encarceramento de diversos nomes vinculados ao Talibã e ao Al-Qaeda, principais grupos terroristas adversários dos Estados Unidos, se tornou frequente em Guantánamo até 2008. Em 2002 foram levados os primeiros prisioneiros. No ano seguinte esse número já passava dos 700.

 

Detidos em Camp X-Ray.

5 – Por conta de diversas denúncias de torturas, prisão de mulheres e adolescentes e estupros, a Prisão de Guantánamo começou a receber forte oposição do resto do mundo. Organizações pelos Direitos Humanos e a ONU começaram a pedir o fechamento do local. Ao ser eleito, Barack Obama prometeu desativar o lugar. Em seu primeiro dia de mandato assinou um decreto ordenando a desativação, mas as coisas não saíram como planejadas: mesmo com a transferência e a soltura de centenas de presos, ainda havia cerca de 50 detentos detidos em Guantánamo no ano de 2017. O novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, explica que muitos desses presos são extremamente perigosos, e que o fechamento definitivo da prisão ocorrerá apenas depois.

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas