Pessoas

5 fatos sobre Victor Nunes Leal

Conheça mais sobre esse grande jurista, acadêmico, Ministro do STF e da Casa Civil

 

1 – Nascido no dia 11 de novembro de 1914 em Carangola, Minas Gerais, Victor Nunes Leal foi um grande jurista, acadêmico, Ministro do STF e Ministro da Casa Civil. Foi estudar ainda muito jovem no Rio de Janeira, então Capital Federal, tendo se formado em 1936 em Direito na Universidade do Brasil (atual UFRJ). Em 1939 colaborou na elaboração do Código de Processo Civil brasileiro.

 

2 – Em 1943 ingressou como professor interino de Ciência Política na Universidade do Brasil. Para se tornar docente permanente teve que defender uma tese em 1947. Este trabalho se tornou um dos mais fundamentais do início do estudo científico da política no Brasil. Em 1948 foi publicado como livro com o título de Coronelismo, enxada e voto. Esta obra é utilizada até hoje para entender o fenômeno do coronelismo (saiba mais aqui) que ocorreu no Brasil até meados da década de 30, por ser considerado que Nunes Leal acertou no diagnóstico nos aspectos culturais, políticos, sociais e econômicos com seu minucioso estudo.

 

Capa da sua mais famosa obra. Fonte: Companhia das Letras

 

3 – Também se destacou como professor da Universidade de Brasília (UNB) e das academias militares brasileiras. Era grande amigo de Juscelino Kubitschek, que se elegeu presidente do Brasil em 1955. Em 1956 foi convidado a ser o Ministro da Casa Civil, cargo que exerceu até 1959. Ainda foi Procurador do Tribunal de Contas do Distrito Federal durante 1960.

 

4 – Por indicação de Kubitschek foi nomeado Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) em 1960, se mantendo no posto até 1969. Durante seu mandato no STF representou o Brasil em algumas conferências e missões diplomáticas no exterior. Foi afastado e aposentado compulsoriamente do Supremo pelo Ato Institucional N° 5 (AI 5), decreto do regime militar.

 

 

5 – Após sua aposentadoria compulsória voltou a exercer a advocacia, se destacando até o dia de seu falecimento, em 1985. Foi homenageado posteriormente pelo STF e outras instituições brasileiras. O Palácio da Alvorada (residência oficial do Presidente) foi nomeado por Juscelino Kubitschek em homenagem ao distrito de Alvorada na cidade de Carangola, terra natal de Victor Nunes Leal.

  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas