Lugares

6 curiosidades sobre o Canal do Panamá

Conheça mais sobre essa obra-prima da engenharia

 

1 – Informações gerais

Sendo um enorme canal artificial que têm como função ligar os Oceanos Atlântico e Pacífico, o Canal do Panamá foi construído com o intuito de facilitar o comércio marítimo. Inaugurado em 15 de agosto de 1914, até hoje é considerado uma obra-prima da engenharia. Esta obra ocasionou uma economia de tempo considerável para os navios mercantis, que tinham que percorrer milhares de quilômetros a mais até o extremo sul da América do Sul.

 

 

Mapa.

 

2 – Antecedentes

Em 1878, o famoso engenheiro francês Ferdinand de Lessepes, que havia construído o Canal de Suez, no Egito, conseguiu autorização do governo colombiano, até então governante do Panamá, para a obra do canal. Com o início em 1880, a construção acabou enfrentando vários problemas em decorrência das constantes chuvas, desabamentos e as doenças tropicais que mataram milhares de pessoas. Os engenheiros franceses também tinham dificuldades em conter as águas do Rio Chagres, cujo curso coincidia em vários pontos com o projeto do canal. Essas dificuldades ocasionaram a falência de Lessepes alguns anos depois.

 

Imagem de satélite do canal.

 

3 – Os Estados Unidos entram em jogo

Pensando na economia norte-americana e em aumentar a influência do país, o presidente Theodore Roosevelt iniciou as negociações com a Colômbia para retomar a construção do canal. Um tratado chegou a ser assinado, mas o Senado colombiano não aceitou os termos. Com a negativa, o governante dos Estados Unidos atiçou o movimento independentista panamenho, inclusive ajudando militarmente com sua Marinha. Essa manobra polêmica, ocasionou a independência do Panamá e a autorização para a retomada das obras.

 

Trabalhos de construção na falha de Gaillard, 1907.

 

4 – A construção

Os Estados Unidos conseguiram um novo tratado com o recém-formado, onde pagaram 10 milhões de dólares pelo controle da área de construção da obra, além de 250 mil dólares anuais. Além disso, os norte-americanos conseguiram diminuir bastante a morte dos operários e engenheiros por conta da febre amarela e da malária, doenças transmitidas por mosquitos. Uma ferrovia foi construída para transportar as cargas e os trabalhadores. Em uma jogada inteligente, o Rio Chagres foi represado. Este novo corpo d’água ficou conhecido como Lago Gatún, e tem mais de 400 km². Dentro do lago existem algumas ilhas formadas por antigos morros da região.

 

Construção das eclusas de Pedro Miguel, no início da década de 1910, mostrando as paredes centrais (vistas ao norte).

 

5 – A inauguração

Após praticamente 10 anos de obras, o Canal do Panamá foi concluído no final de 1913, com a presença de Woodrow Wilson, presidente norte-americano. Mesmo com as medidas sanitárias e anti-mosquitos, mais de 5 mil pessoas morreram na construção assumida pelos Estados Unidos. Com a conclusão de algum,as obras complementares, essa maravilha da engenharia pôde ser inaugurada em agosto de 1914. Com a presença de dezenas de eclusas em todo o curso, permitiu a passagem dos maiores navios da época.

 

Sede administrativa do canal do Panamá em Balboa, Panamá.

 

6 – Até os dias atuais

Com 77,1 km de extensão, os navios demoram algumas horas para atravessá-lo. Sua construção propiciou uma grande economia de tempo e combustível para os navios de passageiros e cargueiros. Até 1977 os Estados Unidos tinham controle exclusivo sobre o Canal, mas após um tratado, aceitou dividir a administração com os panamenhos. Finalmente, em 1999, o controle total passou para o Panamá. Desde então, uma ampliação foi iniciada em 2007 e concluída em 2016, visando a entrada de embarcações ainda maiores no curso d’agua.

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas