Pessoas

7 curiosidade sobre Heitor Villa-Lobos

Conheça mais sobre o Gênio da música brasileira

 

1 – Nascido no Rio de Janeiro em 1887, Heitor Villa-Lobos foi um famoso compositor e maestro brasileiro. É considerado o músico mais influente do modernismo brasileiro por conta da mistura de música clássica e regionalismos que usava em suas composições. Acabou falecendo em 17 de novembro de 1959, aos 72 anos.

 

2 – Era um autodidata, mesmo que tivesse uma grande influência positiva do pai. É dito que com apenas 6 anos de idade compôs sua primeira obra para violão. Aos 12 anos, já órfão de pai, tocava violoncelo e começou a se apresentar em teatros e cafés da cidade para ajudar a mãe. Nesse período também iniciou-se seu interesse pela música erudita, assim como por instrumentos e músicas regionais brasileiras.

 

Villa-Lobos em uma de suas composições

 

3 – Aos 16 anos, quando acabou os estudos, já tocava diversos instrumentos. Em 1905 viajou para o Nordeste e se encantou pela musicalidade e folclore de cada estado nordestino. Em 1907 escreveu sua primeira peça erudita. Continuou viajando pelo Brasil, principalmente pelo norte do país e absorvendo várias influências musicais, que reproduzia em suas obras.

 

4 – Em Villa-Lobos fez o seu primeiro concerto em 1915, sendo considerado pela crítica “moderno demais”, mas seu nome começou a crescer em nível nacional. Em 1922 sua grande chance apareceu, quando foi um dos organizadores da Semana de Arte Moderna (saiba mais aqui). Sua participação foi extremamente aplaudida e nos dois anos seguintes estudou e se apresentou na França, conseguindo fama internacional.

 

5 – Villa-Lobos voltou a Europa por mais 3 anos entre 1927 e 1930. Na década de 30 chegou ao auge de suas composições e criatividade. Nesse período compôs as “Bachianas Brasileiras”, que misturava a influência de Bach (música erudita) e vários instrumentos da música popular brasileira.

 

O compositor também era maestro e tocava vários instrumentos 

 

6 – Ainda na década de 30 separou-se da primeira esposa e assumiu o relacionamento com uma ex-aluna com quem já vivia há algum tempo. Esse caso foi um grande escândalo para a época. No entanto, a união com a jovem 25 anos mais jovem durou até a morte de Villa-Lobos. Em 1945 foi um dos fundadores e o primeiro presidente da Academia Brasileira de Música. Ainda, em 1948 conseguiu curar-se de um câncer, algo raro para o período.

7 – No fim da vida praticamente morava nos Estados Unidos, mas ao voltar para o Rio de Janeiro teve complicações e foi internado, não resistindo e vindo a falecer em 1959. Villa-Lobos é considerado um gênio da música nacional e ficou conhecido por fazer obras patrióticas e que valorizavam o povo brasileiro.   

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas