Lugares

7 curiosidades sobre a Tunísia

Conheça mais sobre esse importante país

 

1 – A Tunísia é um país localizado no Norte da África, fazendo fronteira com a Argélia, a Líbia e é banhada pelo Mar Mediterrâneo. O país conseguiu a independência da França em 20 de março de 1956. Possui uma área de cerca de 163.000 km², sendo um pouco maior do que o estado do Acre. O seu nome oficial é República Tunisina.

 

Localização da Tunísia

 

2 – Com uma população de aproximadamente 11 milhões de habitantes, a Tunísia tem como sua capital Túnis, que possui mais ou menos 700 mil moradores. O próprio nome do país advém de sua cidade mais importante, que era um grande polo comercial e social do Norte africano desde a antiguidade. 99% dos tunisianos são muçulmanos. Historicamente, a população tunisiana foi formada pela mistura de árabes com os povos berberes dessa região da África. No entanto, há influência dos fenícios, romanos, vândalos, turcos e franceses. A língua oficial do país é o árabe, mas também há uma porcentagem de falantes do francês e de línguas berberes.

 

Bairro Bab Souika em Túnis em 1899.

 

3 – A geografia da Tunísia é bem interessante: por ser um país grande na vertical, mas não na horizontal, é possível notar as mudanças climáticas entre norte e sul. A primeira região é marcada pelo clima mediterrâneo, com invernos amenos e verões quentes. No entanto, o sul é mais quente e seco, com influências do Deserto do Saara. Há locais em que se encontra neve no país por conta das altitudes da Cordilheira do Atlas que atravessa o território tunisiano.

 

Habib Bourguiba, o primeiro presidente da Tunísia ao lado da bandeira nacional.

 

4 – A República tunisiana é semipresidencialista, ou seja, há tanto um presidente, quanto um primeiro-ministro. O presidente serve como chefe de estado, enquanto o premier atua como chefe de governo. A Constituição da Tunísia é bem recente, datando de 2014. O Parlamento tem apenas uma casa. São 24 distritos administrativos que subdividem o território tunisiano. É possível notar claramente a influência da religião em assuntos políticos no país.

 

Manifestantes lutam contra a polícia em 14 de janeiro de 2011, durante a Revolução de Jasmim que posteriormente desencadeou a Primavera Árabe.

 

5 – O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) tunisiano é de 0,725, sendo considerado alto para os padrões da África. A economia do país vem crescendo a um ritmo acelerado desde o final dos anos 90, mas a corrupção endêmica faz com que poucos se beneficiem desses rendimentos. Nos últimos anos a Tunísia conseguiu atrair diversas multinacionais para seu território. Sua principal parceira comercial é a União Europeia.

 

Grande Mesquita de Cairuão.

 

6 – A história tunisiana é contada desde a pré-história e antiguidade, quando povos nômades começaram a habitar seu litoral. De fato, a etnia berbere era a principal habitante da Tunísia na Era Antiga. Com a influência fenícia e a consequente fundação da cidade de Cartago, o território tunisiano entrou no mapa de gregos e romanos. A força dos cartagineses, que dominaram o Mediterrâneo por anos, fez com que entrassem em guerra com Roma. Desses conflitos os romanos saíram vitoriosos e arrasaram Cartago. Após essa dominação vieram os vândalos, povo bárbaro europeu que migrou para o Norte da África. Praticamente por toda a Idade Média e Idade Moderna, os árabes e turcos otomanos controlaram a Tunísia. Apenas em 1881, o país passou para controle francês, que o manteve no poder até 1956.

 

Anfiteatro de El Jem.

7 – Por conta de todas as dominações durante os milhares de anos da história tunisiana, a cultura do país ficou marcada pela mistura de valores e crenças. Isso originou uma culinária considerada excelente. Para os amantes da História e de monumentos, a Tunísia é um prato cheio: ainda há ruínas da dominação romana e uma série de mesquitas e prédios históricos dos árabes e turcos. Em relação aos esportes, a Tunísia não tem muita tradição olímpica, mas conseguiu bons resultados na natação Oussama Mellouli, ganhador de dois ouros. O futebol e o handebol masculinos tem muita tradição na África, sempre indo para as Copas do Mundo dessas modalidades.

 

Bandeira da Tunísia. Lema: Ordem, Liberdade, Justiça.
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas