7 curiosidades sobre o Kuwait

Saiba mais sobre este interessante país asiático

 

1 – Informações gerais

O Kuwait é um país localizado na Península Arábica, fazendo fronteira com a Arábia Saudita e com o Iraque. Este emirado árabe é banhado pelo Golfo Pérsico e é conhecido por suas extensas reservas de petróleo mesmo sendo um país pequeno. Com uma rica história, essa monarquia islâmica conseguiu a independência do Reino Unido em 19 de junho de 1961.

 

Mapa do Kuwait

 

2 – Demografia

Com cerca de 3 milhões de habitantes, a capital do país é Cidade do Kuwait, que abriga ⅔ da população local. Por incrível que pareça, mais de 60% dos moradores do emirado são estrangeiros. O governo não costuma conceder cidadania para as pessoas que vêm de fora. Desse modo, 31% são kuwaitianos, 48% fazem parte de outras comunidades árabes, 10% são do sudeste asiático, 5% iranianos e os demais são de outras nacionalidades. A religião predominante é o islamismo, que se divide entre as correntes sunita (65%) e xiita (35%).

 

Cidade do Kuwait

 

3 – Geografia

O Kuwait é um dos menores países do mundo, com apenas 17.800 km². Situado em uma planície no Deserto da Arábia, o país praticamente não possui morros ou colinas. Seu ponto mais alto é de somente 300 m de altura. No entanto, o país é localizado no litoral, o que permite uma pequena área de vegetação e terras cultiváveis. Há 9 ilhas no emirado, mas apenas uma é habitada. O clima na nação é seco, mas há épocas de agradável temperatura. No entanto, por ser localizado em área desertificada, os invernos costumam ser frios à noite. É frequente a ocorrência de tempestades de areia.

 

 

4 – Economia

Por conta da renda advinda da exploração do petróleo, o Kuwait é o quinto país mais rico do mundo, se considerarmos a renda média da população. Também tem a quinta reserva mundial do óleo, o que significa que cerca de 10% do petróleo de todo o mundo está em território kuwaitiano. Muito dessa riqueza é utilizada com a importação de água e alimentos, visto que o solo seco não é tão bom para a agricultura. No setor primário, apenas a pesca é forte. O governo pretende ampliar o leque econômico do emirado a partir de um plano de urbanização e desenvolvimento industrial e financeiro. A moeda local é conhecida como Dinar kuwaitiano.

 

Plataforma de petróleo no território marítimo do Kuwait

 

 

5 – Política

O parlamento kuwaitiano é um dos mais antigos dos países muçulmanos. Ele é composto por 50 representantes eleitos. O país é uma monarquia parlamentarista, onde o Emir funciona como um rei. O primeiro-ministro é quem governa, assim como nos países ocidentais. Mas as semelhanças terminam aí: mesmo que o Poder Executivo não seja exercido diretamente pelo Emir, ele é o líder do Poder Legislativo e das Forças Armadas. Além disso, qualquer oposição direta a seu poder pode ser punida com a morte. O Kuwait é dividido em seis províncias, conhecidas como governadorias (muhafazat, em árabe).

 

Emir do Kuwait, Al-Ahmad Al-Jaber Al-Sabah

 

6 – História

Desde a antiguidade a área é ocupada de forma ininterrupta. Por incrível que pareça, colonos gregos foram os primeiros a colonizar onde hoje fica o território do país. Depois foi dominado pelos persas e pelos califados árabes. A monarquia do Kuwait surgiu no Século 18 e a mesma família domina até hoje. A nação sempre foi conhecida com importante posto comercial entre o Oriente Médio e a Índia. No século seguinte, os turco-otomanos dominaram a região onde o emirado fica localizado, mas em 1899 os britânicos conquistaram a área e fizeram um acordo com o monarca kuwaitiano. O país tinha certa autonomia, mas não era independente. Somente em 1961 conseguiu sua emancipação política. O Kuwait entrou novamente nos livros de história após ser invadido pelo Iraque do ditador Saddam Hussein. Ficou 7 meses sob controle iraquiano até receber ajuda externa dos Estados Unidos. Esse episódio ficou conhecido como Guerra do Golfo. As tropas iraquianas destruíram centenas de poços de petróleo na retirada, o que causou um atraso de vários anos para a economia kuwaitiana.

 

Aviões norte-americanos sobrevoam um campo petrolífero incendiado por torpas iraquianas durante a Guerra do Golfo

 

7 – Cultura e turismo

O governo kuwaitiano está investindo muito para aumentar o turismo em seu país. Eles se espelham em locais como Dubai e Abu Dhabi para atrair pessoas. Há o planejamento para a construção do prédio mais alto do mundo na Cidade do Kuwait. A edificação terá aproximadamente 1000 metros de altura. Um estado pequeno e organizado, a cultura local é baseada nos conceitos tradicionais árabes de religião, alimentação e regras sociais. Nos esportes, o país não tem tradição, obtendo apenas 2 medalhas de bronze em toda a sua história olímpica. Ambas foram conseguidas no tiro esportivo.

  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •