Lugares

7 curiosidades sobre Serra Leoa

Conheça mais sobre esse país africano

 

1 – A República de Serra Leoa (Sierra Leone, em inglês) é um país africano localizado na África Ocidental. Faz fronteira com a Guiné e com a Libéria (saiba mais aqui), além de ser banhada pelo Oceano Atlântico. Foi uma colônia britânica por vários anos, conseguindo sua independência em 27 de abril de 1961. Como a maioria dos países africanos, sofre com vários problemas socioeconômicos.

 

A bandeira nacional da Serra Leoa foi hasteada oficialmente a 27 de Abril de 1961. A bandeira é uma tricolor de verde, branco e azul. O verde representa a agricultura, as montanhas e os recursos naturais. O azul é o símbolo da esperança de que o porto natural de Freetown venha a contribuir para a paz no mundo. O branco representa a unidade e a justiça.

 

2 – Com uma população aproximada de 6 milhões de habitantes, Serra Leoa tem como capital Freetown, única cidade do país que tem mais de 1 milhão de pessoas. 62% dos serra-leoneses moram na zona rural e têm como religião principal a muçulmana (60%). Além disso, há uma grande presença de cristãos (30%) e praticantes de religiões de matriz africana, que representam 10% da população. A língua oficial é o inglês, mas o idioma Krio é o mais falado do país, sendo difundido entre todas as etnias locais.

 

Localização de Serra Leoa no mapa-mundi.

 

3 – Serra Leoa tem uma área de 71.740 km², sendo mais ou menos do tamanho da Paraíba. No leste, há um predomínio de planaltos, estando o Monte Bintumani (1.948 m) – ponto mais alto do país – localizado nesta região. O sul é repleto de lagos e rios, enquanto o centro e o norte são formados por planícies de savana e florestas. O oeste é banhado pelo Oceano Atlântico. Ainda há diversas áreas de proteção para as variadas fauna e flora serra-leonesas.

 

Escola secundária na cidade de Pendembu

 

4 – O país é considerado um dos mais pobres e desiguais do mundo. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é de apenas 0,420, um dos últimos lugares da Terra. A agricultura é a principal fonte de renda da população serra-leonesa, representando quase 60% do Produto Interno Bruto (PIB). Isto se dá pelo fato de quase 80% dos habitantes de Serra Leoa ainda trabalharem majoritariamente na agricultura de subsistência. Há ainda uma grande riqueza mineral, o que motiva a mineração de diamante, ferro e platina. Esta luta pelos recursos motivou vários conflitos armados na história local. A moeda nacional é chamada de Leone.

 

Rua de Freetown, capital e maior cidade do país

 

5 – Desde a sua independência, Serra leoa é organizada como uma república presidencialista. O parlamento local é composto por 124 deputados, dominado em sua maioria pelos seguintes partidos: Partido Popular de Serra Leoa e o Congresso de Todo o Povo. O país ficou marcado por seguidas crises institucionais e sociais. A pior delas foi a guerra civil que durou entre 1991 e 2002, causando milhares de mortes e forçando mais de 600 mil pessoas a se refugiarem para países vizinhos. O território serra-leonês é dividido em 4 provìncias.

 

Hospital Kailahun em 2004

 

6 – Com uma história que remonta a mais de 2500 anos atrás, os povos nativos locais não sofreram muitas influências dos reinos antigos da região. Após a descoberta da área, o Império do Mali anexou o território e implementou o Islamismo como religião local. Por volta de 1460, um navegador português “descobriu” a localidade para a potência europeia. Logo, Serra Leoa se tornou um importante posto para comércio de escravos. No século 17, o Reino unido passou a exercer controle sobre o território serra-leonês, mantendo-o sob seu domínio até 1961, ano em que o país africano conseguiu sua independência. Com uma história recente marcada por diversas crises políticas e humanitárias, Serra Leoa tenta se estabilizar.

 

Províncias de Serra Leoa.

 

7 – Mesmo sendo composto por diversas tribos, há uma predominância da língua krio, idioma do povo Krio, antiga elite de Serra Leoa. No entanto, as culturas das etnias locais se mantiveram pela passagem das tradições por meio de anciãos. O país não tem praticamente nenhuma relevância no mundo dos esportes.

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas