Pessoas

Morte de Che Guevara

Um dos maiores líderes revolucionários de esquerda na história da América Latina

 

Nascido em Rosário, Argentina, em 1928, Ernesto Guevara de la Serna, mais conhecido como Che Guevara foi um médico e líder revolucionário de esquerda na América Latina. Na data de 9 de outubro de 1967 ele foi assassinado pelo Exército Boliviano após ser capturado. O argentino é um dos rostos mais conhecidos do mundo e se tornou símbolo de militantes da esquerda no mundo todo.

 

 

Filho de uma família de muitas posses, era uma criança asmática e muito doente. Entrou para a faculdade de Medicina, mas em 1951 a suspende para fazer uma viagem que mudaria sua vida. Com seu amigo Alberto Granado viajam de moto pela América do Sul conhecendo mais profundamente as diferenças culturais e sociais do continente. De volta, termina medicina e começa a trabalhar de jornalista. Em 1953 inicia uma segunda viagem, conhecendo também países da América Central.

 

Foi nesse período que conheceu Raúl Castro, que o apresentou a Fidel Castro. Nessa época Em 1956 parte com os revolucionários cubanos para tentar tomar o poder do país. Foi apenas um dos 12 sobreviventes do desembarque e nesse momento deixou de vez a Medicina para se tornar um guerrilheiro. Os liderados por Castro e Guevara tomaram o governo cubano em 1959 e Che se tornou um dos mais importantes membros do novo regime de Cuba. Ele foi Embaixador, Presidente do Banco Nacional e Ministro da Indústria. Visitou muitos países, inclusive o Brasil. No final de 1965 vai embora de Cuba para tentar levar os ideais comunistas para o Congo.

 

Che Guevara e Fidel Castro

 

Neste período, não se dá bem no país africano, por conta do choque cultural e o não-conhecimento da geografia e sociedade locais. Retorna para a América do Sul visando construir uma base guerrilheira na Bolívia. Menos de um ano depois de entrar no país foi capturado por um grupamento boliviano treinado pela Agência de Inteligência Americana, a CIA. No dia seguinte foi morto e teve suas mãos cortadas. 30 anos depois teve seus restos mortais encontrados e foi levado a Cuba, onde está sepultado com honrarias. Guevara era uma figura controversa: foi acusado de vários assassinatos e fuzilamentos a sangue frio e pela criação de campos de trabalho forçado em território cubano. Ernesto “Che” Guevara é uma das pessoas que não há meio-termo, há os que o idolatram, e há os que o odeiam.  

  • 31
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas