Pessoas

Nascimento de Hannah Arendt

Conheça mais sobre essa famosa filósofa e teórica política do século 20

 

Nascida em 14 de outubro de 1906, Hannah Arendt foi uma famosa filósofa e teórica política do século 20. Natural da cidade de Linden, na Alemanha, sofreu com a perseguição nazista por conta da sua origem judia. Sempre se destacou nos estudos, adentrando na universidade com 18 anos. Foi aluna de Martin Heidegger, famoso filósofo da época, com quem teve um caso amoroso. Seu professor era casado e por não suportar mais a situação mudou de faculdade 2 anos depois.

 

 

Em 1928 conseguiu seu doutorado na Universidade de Heidelberg. No ano seguinte se casou pela primeira vez. Na década de 30 começa a utilizar seus textos como protesto político contra a situação dos judeus na Alemanha. Mesmo antes do nazismo eles sempre sofreram discriminação.Com a ascensão dos nazistas Arendt foi presa em julho de 1933 durante 8 dias. Após ser liberada, fugiu com sua mãe para Praga, Genebra e depois Paris, onde se estabeleceu.

 

Trabalhou por seis anos em uma instituição que ajudava crianças e jovens judeus que haviam sido deportadas. Nesse período conheceu seu segundo marido e vários intelectuais franceses. Com a eclosão da Segunda Guerra Mundial, em apenas um ano a França se rendeu e Hannah Arendt e seu esposo foram presos e enviados para o campo de concentração de Gurs. Em 1941 ela conseguiu fugir, passando por Portugal antes de viajar para os Estados Unidos. Começa a escrever para um jornal judeu em Nova York, além de conseguir empregos como coordenadora e professora universitária.

 

Filme realizado por Margarethe von Trotta

 

Ficou 18 anos sem nacionalidade, visto que havia fugido da Alemanha em 1933 sem documentos, foi expatriada pelo regime nazista em 1937 e só recebeu a cidadania americana em 1951. Neste mesmo ano lança seu mais famoso livro “As Origens do Totalitarismo”, que a torna mundialmente famosa e compara os nazistas com o stalinismo na Rússia, que mesmo sendo de ideologias diferentes, são regimes totalitários da mesma forma. Publicou “A Condição Humana” em 1958, outro livro de grande importância. Participou de diversas organizações judaicas, visando superar os horrores do Holocausto. Passou por diversas instituições de ensino, até se estabelecer em Nova York novamente, onde permaneceu até a sua morte em 1975.

  • 6
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Pular para a barra de ferramentas